Está decidido. Alunos vão ter que fazer três exames no fim do secundário

Está decidido. Alunos vão ter que fazer três exames no fim do secundário
| País
Porto Canal

O desentendimento entre os ministérios da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e da Educação chegou ao fim. Na tarde desta segunda-feira, em conferência de imprensa, o ministro da Educação, João Costa, abandonou a ideia de acabar com os exames nacionais no 12º ano.

As alterações foram apresentadas ao longo dessa conferência de imprensa que também reuniu a ministra da Ciência e Ensino Superior, Elvira Fortunato.

Sendo assim, ficou estabelecido que os exames nacionais para conclusão do ensino secundário vão manter-se, mas com um peso mais baixo, ou seja, passarão a contar 25% da nota final. O modelo acordado será de três exames nacionais, sendo o exame de Português de caráter obrigatório e os outros dois escolhidos pelos alunos.

A justificação do ministro da Educação perante esta decisão assentou na necessidade de assegurar mecanismos de “fiabilidade e equidade do sistema” e com “a necessidade de continuar a aprofundar a complementaridade entre avaliação interna e avaliação externa no sentido de uma valorização do ensino secundário como um fim em si mesmo e não apenas como porta de acesos ao ensino superior".

+ notícias: País

Perto de 250 salvamentos nas praias portuguesas nos últimos três dias

A Autoridade Marítima Nacional (AMN) fez um total de 249 salvamentos nas praias sob sua jurisdição entre sexta-feira e domingo, período em que se registou também o desaparecimento de três pessoas em contexto balnear, foi esta segunda-feira anunciado.

Nova taxa na fatura da eletricidade entra em vigor este mês

Na fatura de eletricidade relativa ao mês de abril os consumidores vão pagar uma nova taxa, avança o Expresso esta segunda-feira. A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) publicou o novo modelo de financiamento da tarifa social, em que esta taxa servirá para pagar parte da tarifa a quem ganha menos.

Receitas do alojamento turístico sobem 11% para 506,7 milhões de euros até fevereiro

Os proveitos totais do setor do alojamento turístico cresceram 11,2% e os relativos a aposento aumentaram 10,8% até fevereiro em termos homólogos, atingindo 506,7 milhões de euros e 367,5 milhões de euros, respetivamente, divulgou o INE.