Infeções, mortalidade e pressão hospitalar com tendência decrescente

| País
Porto Canal com Lusa

Redação, 17 set 2021 (Lusa) - A incidência de infeções com o novo coronavírus é moderada em Portugal, com tendência decrescente, revela hoje o relatório das "linhas vermelhas", que aponta igualmente uma tendência decrescente na mortalidade por covid-19 e na pressão sobre hospitais.

Segundo o relatório Monitorização das Linhas Vermelhas para a covid-19, "a análise dos diferentes indicadores revela uma atividade epidémica de infeção por SARS-CoV-2 de moderada intensidade, com tendência decrescente a nível nacional, assim como uma tendência decrescente na pressão sobre os serviços de saúde e na mortalidade por covid-19".

O documento é publicado todas as sextas-feiras pela Direção-Geral da Saúde e pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge.

ER // JMR

Lusa/Fim

+ notícias: País

Defesa de Vale e Azevedo recorre para o Tribunal Constitucional contra contumácia

A defesa de João Vale e Azevedo recorreu para o Tribunal Constitucional (TC) para contestar a declaração de contumácia que recai sobre o antigo presidente do Benfica, desde setembro de 2022, por não ter sido notificado para julgamento.

Manuel Magina da Silva reconduzido no cargo de diretor nacional da PSP

O Governo reconduziu no cargo o diretor nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP), superintendente-chefe Manuel Magina da Silva, anunciou esta quinta-feira o Ministério da Administração Interna (MAI).

JMJ. Valor do altar-palco "magoa todos", disse o Bispo Américo Aguiar

O presidente da Fundação Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Lisboa 2023 disse esta quinta-feira que o valor (superior a quatro milhões de euros) do altar-palco onde o Papa vai celebrar a missa final "magoa todos", admitindo eventuais correções se necessárias.