Info

Portugal regista mais sete mortes e 1023 casos de Covid-19 nas últimas 24h

Portugal regista mais sete mortes e 1023 casos de Covid-19 nas últimas 24h
| País
Porto Canal com Lusa

Portugal registou nas últimas 24 horas mais sete mortes e 1023 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2 e uma nova redução nos internamentos, ficando o número de doentes em cuidados intensivos abaixo dos 100.

Desde o dia 19 de junho que Portugal não tinha menos de 100 pessoas internadas com covid-19 em Unidades de Cuidados Intensivos, quando o boletim dava conta do internamento em UCI de 99 doentes.

De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) estão hoje internadas 474 pessoas com covid-19, menos 23 do que na quinta-feira, 97 das quais em unidades de cuidados intensivos, menos seis nas últimas 24 horas.

A área de Lisboa e Vale do Tejo, com 374 novos casos, e a região Norte, com 372, têm 72,9% do total das novas infeções verificadas nas últimas 24 horas.

As mortes ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo (3), na região Norte (2), na região Centro (1) e no Algarve (1).

Relativamente às idades das vítimas, três tinham mais de 80 anos, uma entre os 70 e os 79, uma entre os 60 e os 69, uma entre os 50 e os 59 e uma entre os 40 e os 49.

+ notícias: País

Covid-19: Portugal com 56.426 infeções, novo máximo em 24 horas. 34 pessoas morreram

Portugal registou 56.426 novas infeções com o coronavírus SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas, um novo máximo desde o início da pandemia, e mais 34 mortes associadas à covid-19, indicam números hoje divulgados pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Livro "Milhões a voar" critica injeção na TAP

O novo livro "Milhões a voar" de André Pinção Lucas e Carlos Guimarães Pinto, critica a injeção da TAP e desmonta sete falácias a favor do investimento público. Em declarações ao Porto Canal, André Pinção Lucas, autor do livro, considerou a TAP como "um novo banco com asas" e diz que o valor injetado é "chocante".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS