Covid-19: Brasil com mais 43.209 novos casos e 664 mortes

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Brasília, 05 dez 2020 (Lusa) - O Brasil contabilizou 43.209 casos de infeção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas elevando para 6.577.177 o número de casos confirmados desde o início da pandemia, segundo os dados oficiais.

O boletim epidemiológico difundido pelo Ministério da Saúde indica que o Brasil somou mais 664 mortes, totalizando 176.628 óbitos devido à covid-19.

A taxa de incidência da covid-19 no país sul-americano é de 84 mortes e 3.130 casos por cada 100 mil habitantes.

Das 27 unidades federativas do Brasil, São Paulo (1.285.087), Minas Gerais (438.304), Bahia (419.044) e Rio de Janeiro (370.267) são as que concentram maior número de infeções.

Já os Estados com mais mortes são São Paulo, (42.969), Rio de Janeiro (23.099), Minas Gerais (10.283) e Ceará (9.693).

Após um aumento de casos e mortes, o governador em exercício do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, e o prefeito da capital homónima, Marcelo Crivella, anunciaram, na sexta-feira, novas medidas de luta contra a covid-19, como a criação de mais camas de enfermaria e de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e encerramento de escolas municipais.

Com a suspensão das atividades escolares a partir de segunda-feira, Crivella espera diminuir a circulação de pessoas nas ruas e nos transportes públicos, assim como evitar a contaminação nos ambientes escolares.

Apesar da situação epidemiológica se ter agravado na região, as autoridades anunciaram que os centros comerciais poderão funcionar 24 horas por dia para compras de Natal.

O Rio de Janeiro iniciou na sexta-feira um programa de testes em massa para detetar a covid-19, que pretende realizar até 1.500 exames diários, para controlar a pandemia que provocou um aumento de mortes e de casos graves neste estado brasileiro.

O Brasil, com cerca de 212 milhões de habitantes, é o país lusófono mais afetado pela pandemia e um dos mais atingidos no mundo.

No total, 5.761.363 brasileiros já recuperaram da covid-19, enquanto que 639.6186 pacientes infetados estão sob acompanhamento médico.

CFF (MYMM) // JPF

Lusa/fim

+ notícias: Mundo

Autoridades pró-russas anunciam vitória do “sim” à anexação em Zaporijia

As autoridades pró-Moscovo anunciaram, esta terça-feira, que os cidadãos da região ucraniana de Zaporijia, uma das quatro ocupadas pela Rússia, aprovaram a anexação à Federação Russa no referendo organizado pelo Kremlin e que decorreu nos últimos quatro dias.

Protestos no Irão continuam na 12ª noite consecutiva

Esta terça-feira os iranianos voltaram a sair às ruas em protesto contra a morte da jovem Mahsa Amini. O governo iraniano tem marcado uma posição firme contra os manifestantes mesmo com os vários apelos internacionais para terminar com o usa da força.

Ucrânia: Autoridades russas anunciam vitória ampla do "sim" em todos os referendos

As autoridades pró-Rússia nas regiões ucranianas de Zaporijia, Kherson e Lugansk reivindicaram esta terça-feira uma vitória do "sim" à anexação pela Rússia, estando ainda a aguardar-se pelos resultados da quarta região ucraniana ocupada pela Federação Russa.