Anna Carvalho estreia-se na realização e filme foi selecionado para festival na Índia

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Austin, Estados Unidos, 11 nov (Lusa) - A curta-metragem "Death is the Place on Earth", da atriz e realizadora portuguesa Anna Carvalho, foi selecionada para o festival LIFFT India Filmotsav, que irá decorrer de 06 a 10 de dezembro em Lonavla, a 80 quilómetros de Mumbai.

Filmada no deserto californiano, entre Slab City e Bombay Beach, a produção de 15 minutos recupera a personagem "Ivy" que Anna Carvalho escreveu e interpretou para a peça "Death Cabaret", que esteve em cena no Teattro da Malaposta e na Comuna - Teatro de Pesquisa, há seis anos.

O filme, que conta com os atores Andres Antonio Pérez e Sue Shaheen, além da própria Anna Carvalho, foi estreado em Los Angeles, na competição do World Film Festival, no final de outubro, onde esteve nomeado para Melhor Curta.

A atriz portuguesa, a morar nos Estados Unidos, pretende agora desenvolver a história e torná-la numa série.

"Sinto que aquelas personagens têm mais para desenvolver", disse à Lusa, explicando que a narrativa aborda a preocupação "sobre quem somos e a forma como nos tratamos uns aos outros".

O próximo passo é escrever o episódio piloto dessa série e apresentá-lo a várias produtoras, depois de "Death is the Place on Earth" ter sido financiado com capitais próprios e por uma campanha de 'crowdfunding', através da plataforma Indiegogo.

"Desde que cheguei a LA muita gente aconselhou-me a criar a minha própria oportunidade", afirmou a atriz, que se mudou para Hollywood em 2015, e participou em vários projetos independentes, incluindo uma série focada no metropolitano da cidade do sul da Califórnia, "Metro".

Com uma carreira de 22 anos no teatro e cinema, Anna Carvalho trocou a Califórnia por Austin, Texas, em agosto, para executar outros projectos, incluindo uma missérie sobre vinhos e uma produção de ficção científica.

O festival LIFFT India Filmotsav - World Cine Fest tem 35 filmes em competição em várias categorias, e entregará os prémios no primeiro dia do evento, 06 de dezembro.

ARYG // MAG

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Mais de 3800 vítimas mortais no terramoto que abalou a Turquia e a Síria

Pelo menos 3800 mortos e milhares de pessoas ficaram feridas na sequência do sismo que abalou o sul da Turquia e o norte da Síria. Segundo o balanço mais recente o jornal ‘The Guardian’, na Turquia já morreram pelo menos 2379 pessoas e 1200 na Síria.

Política “zero covid” afetou a influência da China na Ásia

A China perdeu influência na Ásia, em 2022, devido ao isolamento a que se submeteu no âmbito da política ‘zero covid’, embora tenha aumentado a sua capacidade militar.

O balão que sobrevoou a América Latina é de origem chinesa

O governo chinês disse esta segunda-feira que o balão avistado sobre a América Latina, e designado pelos Estados Unidos como um dispositivo de “vigilância”, tem origem na China, mas que é de “natureza civil”.