Info

Operação da Altice/PT já repôs 70% dos serviços afetados

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 11 dez (Lusa) - A operadora de comunicações Altice/PT informou que entre domingo e hoje já foram recuperados mais de 70% dos serviços afetados devido ao mau tempo e que as zonas mais atingidas foram o Norte e o Centro.

Desde o início da tarde de domingo que a Altice/PT está a desencadear uma "uma megaoperação de prevenção e supervisão" face à previsão de condições meteorológicas adversas.

Até às 12:00 de hoje, adiantou a operadora em comunicado, já foram recuperados mais de 70% dos serviços afetados e "estão a ser desenvolvidos todos os esforços no sentido de até ao final do dia de hoje a esmagadora maioria dos serviços estar reposta".

Além disso, acrescentou, foi reforçada a equipa de operacionais no terreno, com mais de 300 técnicos a atuarem na reposição de ativos e infraestruturas, mediante as condições meteorológicas verificadas e na medida das necessidades das populações.

As zonas mais afetadas foram o Norte e o Centro, nomeadamente os distritos de Aveiro, Braga, Coimbra, Porto, Viseu, Viana do Castelo e Vila Real.

"Continuamos a disponibilizar meios complementares de comunicações, nomeadamente telefones satélites e unidades móveis temporárias, caso seja necessário e de acordo com as prioridades e necessidades existentes", sublinha a Altice/PT.

A operadora tem previsto novo balanço para o final do dia de hoje.

A Proteção Civil destacou hoje como consequências "mais graves" da passagem da tempestade Ana pelo território nacional, durante a madrugada e manhã, o registo de um morto, cinco feridos ligeiros e 13 desalojados, em mais de três mil ocorrências, na maioria quedas de árvores e de estruturas.

MYDM // ROC

Lusa/fim

+ notícias: País

Mais 677 infeções, cinco mortes e nova redução nos internamentos

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 677 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, cinco mortes atribuídas à covid-19 e nova redução nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos.

Estudo revela que dois em cada 10 idosos não desenvolvem anticorpos após a toma da vacina contra a Covid-19

Um estudo realizado durante um ano, por um grupo de investigadores do Instituto de Investigação do Medicamento, da Faculdade de Fármacia da Universidade de Lisboa, revelou que dois em cada 10 idosos não desenvolvem anticorpos após a toma da vacina contra a Covid-19.

Marta Temido: "Há quantidades para revacinar toda a população contra a Covid-19"

A Ministra da Saúde, Marta Temido, avisa que "há quantidades para revacinar toda a população contra a Covid-19" e alerta que "a máscara não é para deitar fora".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.