Info

Europeias: Rangel pede "serenidade e elevação" a Costa para combater abstenção

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 15 mai 2019 (Lusa) - O cabeça de lista do PSD nas eleições para o Parlamento Europeu, Paulo Rangel, respondeu hoje às críticas feitas pelo primeiro-ministro, António Costa, na noite de terça-feira, pedindo "serenidade e elevação" para "combater a abstenção".

"Faço uma recomendação, dou um conselho ao doutor António Costa. Para se combater a abstenção é preciso serenidade e elevação", afirmou Paulo Rangel aos jornalistas, à margem de uma visita à Fundação Champalimaud, em Lisboa, durante o terceiro dia de campanha para as eleições europeias.

O primeiro-ministro criticou, na noite de terça-feira, a primeira a ação de campanha do candidato social-democrata, que sobrevoou de helicóptero parte da zona de pinhal do interior dos distritos de Coimbra e Leira, considerando que a "vida política não se faz a andar de helicóptero, mas com os pés no chão, cara a cara com as pessoas".

Em resposta ao secretário-geral do PS, Paulo Rangel referiu que reduzir "o debate político a essa questão" é uma "coisa infantil".

AFE(PMF) // LIL

Lusa/Fim

+ notícias: Política

Assembleia Municipal do Porto unânime na reabilitação do Cinema Batalha e da Alexandre Herculano

A Assembleia Municipal do Porto aprovou a autorização prévia para as despesas com a empreitada de reabilitação do Cinema Batalha, no valor de 3,95 milhões de euros, e com a requalificação da Escola Alexandre Herculano, em 9,8 milhões.

Governo garante "apoio político" para que hospital de Braga seja hospital académico

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior garantiu esta segunda-feira que a pretensão da Universidade do Minho de que o hospital de Braga tenha o estatuto de hospital universitário "terá todo o apoio político".

Atualizado 17-09-2019 12:03

Autarca de Vila do Conde ausente de cerimónia com Ministra do Mar como forma de protesto

A Câmara de Vila do Conde anunciou esta segunda-feira que a presidente da autarquia não estará presente na assinatura da consignação da obra de dragagem da barra do Rio Ave, como protesto pela cerimónia não se realizar no concelho.

Atualizado 17-09-2019 11:45

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.