Info

Europeias: André Ventura continua como cabeça de lista da coligação Basta

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 15 mai 2019 (Lusa) - André Ventura vai continuar como cabeça de lista da coligação Basta nas eleições para o Parlamento Europeu (PE), em 26 de maio, decidiram esta noite, em reunião, os líderes das forças políticas que apoiam e integram a coligação.

"Não só aprovámos a continuação, como também aprovámos um voto de confiança a todo o trabalho desenvolvido na campanha e entendemos que a quebra de confiança deu-se [devido] a decisões da RTP e não do nosso cabeça de lista", afirmou à Lusa a mandatária da coligação que também integra a lista, Sofia Afonso Ferreira.

O candidato pela coligação Basta colocou na terça-feira o lugar à disposição depois de ter faltado ao debate eleitoral na RTP3 -- transmitido na noite de segunda-feira - para participar num outro de cariz desportivo na CMTV, onde é comentador habitual.

A mandatária, que é também fundadora do movimento Democracia 21, explicou que "estava previamente combinado, já com alguma antecedência", que André Ventura "estaria no debate" entre os candidatos sem representação no PE.

Assegurando que a estação televisão pública tinha sido avisada de que o candidato iria depois estar presente no outro programa na CMTV, Sofia Afonso Ferreira imputa culpas à RTP: "Estava tudo agendado e à última da hora a RTP alterou a hora e também não permitiu que [o cabeça de lista] fosse substituído."

"Teve de ser tomada uma decisão e o nosso cabeça de lista respeitou o que já estava decidido com o outro canal, em que não houve alterações", explicou, acrescentando que "não é o final do mundo o cabeça de lista não comparecer num debate".

Ainda assim, a mandatária confessa que a coligação não estava à espera "que houvesse tanta polémica", mas descarta o prejuízo que poderá ter nas urnas de voto.

"Há sempre contestação e pessoas a apoiar. Fizemos o que nos competia. Quando há uma situação [para resolver], os líderes [do partido Chega, Partido Popular Monárquico, Partido Cidadania e Democracia Cristã e movimento Democracia 21] reúnem-se e tomam decisões", vincou.

Por isso, Sofia Afonso Ferreira assegurou que "o cabeça de lista continuará".

AFE // JMC

Lusa/Fim

+ notícias: Política

Rio não responde a críticas internas porque não tem de dialogar para dentro do PSD

O presidente do PSD, Rui Rio, desvalorizou hoje as críticas internas de concelhias sociais-democratas, dizendo que a sua função é a de “dialogar para fora e não para dentro” do partido.

Autarca de freguesia de Ponte de Lima demite-se após arranque de central de betuminoso

O presidente da Junta de Arcozelo, Ponte de Lima, disse esta quarta-feira ter apresentado a demissão na sequência do início de produção de uma central de betuminoso, considerando que irá "transformar a freguesia no caixote do lixo industrial do concelho".

Atualizado 21-08-2019 16:14

Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas diz que Antram não quis evitar possível greve "por 50 euros"

O advogado do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP), Pedro Pardal Henriques, disse hoje à saída de uma reunião com o Governo que a Antram "não quis evitar uma possível greve por 50 euros".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.