Info

Hospital São João espera arrancar com obras da ala pediátrica em meados de 2019

| Norte
Porto Canal com Lusa

O diretor clínico do Centro Hospitalar de São João, no Porto, mostrou-se esta quarta-feira "muito satisfeito" pela aprovação da construção da ala pediátrica por ajuste direto, prevendo que as obras arranquem já em 2019 e estejam concluídas em 2021.

Atualizado 29-11-2018 11:22

"A nossa expectativa é que, com base na dispensa do visto prévio do Tribunal de Contas e na possibilidade de simplificação do processo através da autorização do ajuste direto, ainda em 2019 arranquem as obras, o que quererá dizer que num tempo mínimo de construção de dois anos no final de 2021 teremos a ala pediátrica nas suas instalações definitivas", disse hoje José Artur Paiva, numa declaração aos jornalistas, na unidade hospitalar.

Na terça-feira, o parlamento aprovou por unanimidade a proposta de alteração do PS ao Orçamento do Estado para 2019 (OE2019) que prevê a possibilidade de recurso ao ajuste direto para a construção do Centro Pediátrico do Centro Hospitalar Universitário de São João.

A proposta dos socialistas mereceu o voto favorável de todas as bancadas parlamentares. Já as iniciativas do CDS e do PSD sobre a mesma unidade hospitalar foram rejeitadas.

O documento prevê a possibilidade de recurso ao procedimento de ajuste direto "para efeitos da celebração dos contratos relativos à conceção, projeto e construção do Centro Pediátrico, considerando-se preenchidos os requisitos e condições exigidas para a adoção deste procedimento pré-contratual".

Dizendo ser um dia de "grande satisfação", o diretor clínico garantiu que hoje no hospital existem "muitos sorrisos nas caras" dos profissionais, das crianças e dos pais das crianças internadas.

José Artur Paiva referiu que o ajuste direto da obra vai permitir que a empreitada comece após o verão do próximo ano, dado o hospital já ter entregue "a quase totalidade dos dados" à empresa encarregue do desenvolvimento do projeto.

"Estamos numa fase de desenvolvimento do projeto, da parte do Centro Hospitalar de São João a quase totalidade dos dados está entregue à empresa encarregue desse projeto e esperamos que em abril de 2019 esteja finalizado, seguindo-se depois uma curta fase de revisão do projeto", adiantou.

O diretor acrescentou ainda ser expectável que a autorização da despesa chegue no início de 2019.

+ notícias: Norte

Homem disparou sobre montra de loja desativada em Famalicão

Um homem alvejou hoje a montra de uma loja em Joane, Vila Nova de Famalicão, que está fechada há alguns meses, disse à Lusa fonte policial.

Árvore de grande porte cai na Senhora da Hora, Matosinhos, e provoca danos em cinco veículos

Uma árvore de grande porte caiu, esta quinta-feira, devido ao mau tempo e provocou danos em quatro veículos ligeiros e um pesado na rua João Fernandes, na Senhora da Hora, Matosinhos, apurou o Porto Canal com fonte do CDOS do Porto.

(em atualização)

Avenida D. Carlos I no Porto cortada até sexta-feira

A Avenida D. Carlos I, na Foz do Douro, no Porto, está cortada pelo menos até sexta-feira devido às previsões de agitação marítima forte, indicou hoje a Câmara do Porto.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

"Este mundo espantoso, inquieto e...

D'Mais

Hora do chá - o que é o...