Info

Presidente do Turismo do Norte entre os detidos por viciação de contratos públicos

Presidente do Turismo do Norte entre os detidos por viciação de contratos públicos
| Norte
Porto Canal com Lusa

O presidente do Turismo Porto e Norte de Portugal, Melchior Moreira, é um dos cinco detidos no âmbito de uma investigação relativa à presumível viciação de procedimentos de contratação pública, disse à agência Lusa uma fonte policial.

A Polícia Judiciária (PJ) deteve hoje cinco pessoas e realizou buscas em entidades públicas e sedes de empresas no âmbito de uma investigação relativa à presumível viciação de procedimentos de contratação pública no valor de vários milhões de euros.

Em comunicado, a PJ refere que os cinco detidos no âmbito da designada operação “Éter”, estão indiciados por crimes de corrupção e participação económica em negócio em procedimentos de contratação pública no Norte do país.

“A investigação, centrada na atividade de uma pessoa coletiva pública, determinou a existência de um esquema generalizado, mediante a atuação concertada de quadros dirigentes, de viciação fraudulenta de procedimentos concursais e de ajuste direto com o desiderato de favorecer primacialmente grupos de empresas, contratação de recursos humanos e utilização de meios públicos com vista à satisfação de interesses de natureza particular, assinala a PJ, através da sua Diretoria do Norte.

Além de Melchior Moreira, foram detidas mais duas pessoas associadas ao Turismo Porto e Norte de Portugal, além de dois empresários, indica a edição online do Correio da Manhã.

Na operação policial realizaram-se 11 buscas, domiciliárias e não domiciliárias, nas regiões de Porto, Gaia, Matosinhos, Lamego, Viseu e Viana do Castelo e estiveram envolvidos 50 elementos da Polícia Judiciária, incluindo inspetores, peritos informáticos e peritos financeiros e contabilísticos.

A investigação, refere a polícia, prossegue no sentido de determinar todas as condutas criminosas e o seu alcance.

Os detidos, com idades compreendidas entre os 42 e os 54 anos, sendo três dirigentes de entidade pública e dois empresários, vão ser presentes a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

+ notícias: Norte

Despiste automóvel provoca um morto em Vila Verde, Braga

Um despiste automóvel na freguesia de Cabanelas, concelho de Vila Verde, distrito de Braga, provocou ao início da tarde deste domingo uma vítima mortal, disse à agência Lusa fonte dos bombeiros locais.

Guarda prisional da cadeia de Paços de Ferreira assistido pelo INEM após agressão

Um guarda prisional da cadeia de Paços de Ferreira foi agredido pelas 11h00 deste domingo, tendo sido assistido no local pelos bombeiros e pelo INEM, disse à agência Lusa fonte do CDOS do Porto.

Porto vende 35 mil francesinhas por dia com ajuda dos turistas

O Porto vende pelo menos 35 mil francesinhas por dia nos mais de 700 cafés e restaurantes da cidade, o que significa que por mês há cerca de um milhão daquelas sanduíches especiais a serem degustadas no município.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.