Info

Presidente do Turismo do Norte entre os detidos por viciação de contratos públicos

Presidente do Turismo do Norte entre os detidos por viciação de contratos públicos
| Norte
Porto Canal com Lusa

O presidente do Turismo Porto e Norte de Portugal, Melchior Moreira, é um dos cinco detidos no âmbito de uma investigação relativa à presumível viciação de procedimentos de contratação pública, disse à agência Lusa uma fonte policial.

A Polícia Judiciária (PJ) deteve hoje cinco pessoas e realizou buscas em entidades públicas e sedes de empresas no âmbito de uma investigação relativa à presumível viciação de procedimentos de contratação pública no valor de vários milhões de euros.

Em comunicado, a PJ refere que os cinco detidos no âmbito da designada operação “Éter”, estão indiciados por crimes de corrupção e participação económica em negócio em procedimentos de contratação pública no Norte do país.

“A investigação, centrada na atividade de uma pessoa coletiva pública, determinou a existência de um esquema generalizado, mediante a atuação concertada de quadros dirigentes, de viciação fraudulenta de procedimentos concursais e de ajuste direto com o desiderato de favorecer primacialmente grupos de empresas, contratação de recursos humanos e utilização de meios públicos com vista à satisfação de interesses de natureza particular, assinala a PJ, através da sua Diretoria do Norte.

Além de Melchior Moreira, foram detidas mais duas pessoas associadas ao Turismo Porto e Norte de Portugal, além de dois empresários, indica a edição online do Correio da Manhã.

Na operação policial realizaram-se 11 buscas, domiciliárias e não domiciliárias, nas regiões de Porto, Gaia, Matosinhos, Lamego, Viseu e Viana do Castelo e estiveram envolvidos 50 elementos da Polícia Judiciária, incluindo inspetores, peritos informáticos e peritos financeiros e contabilísticos.

A investigação, refere a polícia, prossegue no sentido de determinar todas as condutas criminosas e o seu alcance.

Os detidos, com idades compreendidas entre os 42 e os 54 anos, sendo três dirigentes de entidade pública e dois empresários, vão ser presentes a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

+ notícias: Norte

Colisão em Vilar do Paraíso faz quatro feridos. Dois graves

Uma colisão entre um veículo ligeiro e um motociclo provocou dois feridos graves e dois ligeiros, na tarde desta quinta-feira, em Vila de Paraíso, Vila Nova de Gaia, apurou o Porto Canal junto dos Bombeiros Sapadores de Vila Nova de Gaia.

Idosa desaparecida há cinco dias encontrada morta

A mulher de 79 anos que estava desaparecida desde o passado sábado, em Labruge, Vila do Conde, foi encontrada morta por um vizinho num terreno de construção perto da casa da idosa.

População de Vila Seca e Milhazes preocupados com as crateras e as piscinas a céu aberto da exploração de caulinos

Os habitantes das freguesias de Vila Seca e Milhazes, em Barcelos, temem há muito pela segurança. Em causa estão as crateras e as piscinas a céu aberto causadas pela exploração de caulinos.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.