Jornal Diário Jornal das 13

Incêndios: Combate às chamas no concelho de Vinhais a evoluir "favoravelmente"

| País
Porto Canal com Lusa

Vinhais, Bragança, 10 ago (Lusa) - O combate ao incêndio que deflagrou às primeiras horas de quinta-feira em Agrochão, no concelho de Vinhais, distrito de Bragança, está a evoluir "favoravelmente", disse à Lusa fonte da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

"O combate às chamas está a evoluir favoravelmente, e lavra numa zona de mato onde não há populações em perigo. Nas próximas horas pensamos dar o incêndio como dominado, apesar de mantermos o dispositivo no terreno" disse à Lusa o comandante operacional distrital do Comando Distrital de Operações de Socorro de Bragança (CODIS), Noel Afonso.

Segundo a página da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC) o incêndio está ser combatido por 130 bombeiros, apoiados por 41 viaturas e duas máquinas de rasto.

"O incêndio tem uma frente ativa numa zona de mato de muito difícil acesso, pelo que o combate está ser feito de forma apeada e com o recurso a máquinas de rasto", frisa o CODIS.

No entanto, o posto de comando da ANPC foi deslocado para o concelho vizinho de Macedo de Cavaleiros.

O incêndio deflagrou às primeiras horas da madrugada de quinta-feira, na freguesia de Agrochão, concelho de Vinhais, no distrito de Bragança, e que, às 00:50, encontrava-se com uma frente ativa e a consumir uma área de mato.

FYP // JPF

Lusa/Fim

+ notícias: País

Jovem morre afogado na barragem da Aguieira em Santa Comba Dão

Um jovem foi encontrado morto às 00:30 de hoje depois de se ter afogado na barragem da Aguieira, no concelho de Santa Comba Dão, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro.

Cerca de 60 concelhos de 13 distritos do continente em risco máximo

Cerca de 60 concelhos de 13 distritos de Portugal continental apresentam hoje risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Governo mantém proibição de fogo-de-artifício nos distritos em alerta vermelho

O Governo esclareceu este domingo que até ao dia 22 de agosto, data até à qual vigora o alerta vermelho devido ao risco de incêndio em sete distritos, se mantém a proibição do uso de fogo-de-artifício.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.