Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Legionella: Entre 2.ª e 3.ª feira espera-se que novos casos tendam para zero

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 09 nov (Lusa) - O ministro da Saúde disse hoje que se espera que entre segunda e terça-feira os novos casos de 'legionella' comecem "a tender para zero", quando termina o tempo máximo para o período de incubação.

Em conferência de imprensa após o Conselho de Ministros, Adalberto Campos Fernandes foi questionado sobre o surto de 'legionella', cujo número de casos confirmados de doença dos legionários do surto no Hospital São Francisco Xavier, em Lisboa, subiu para 41, de acordo com o boletim de hoje da Direção-geral da Saúde (DGS).

"Tal como foi sempre referido pela DGS, nós estamos a ter um perfil de casos novos que se acompanha daquilo que é a previsão e os casos têm vindo a diminuir na sua intensidade, o que faz supor que no período que nós estimamos que seja o dia 13 e 14, em que se finaliza o tempo máximo admissível para o período de incubação, esses casos começarão a tender para zero", assegurou o ministro da Saúde.

De acordo com o governante, "até ao momento não tem havido nenhum desvio àquilo que tem sido a análise epidemiológica da DGS" e, portanto, o executivo acredita que "essa tendência se acentuará".

"Temos 41 casos identificados como positivos. Dois doentes já tiveram alta, dois infelizmente faleceram. E, dos restantes, estão cinco em cuidados intensivos e os restantes em internamento geral com sinais de recuperação e de melhoria significativa", sintetizou.

O surto de 'legionella' identificado na sexta-feira no Hospital São Francisco Xavier já provou dois mortos.

A maioria dos casos deste surto ocorreu em mulheres (63%) e mais de 70% dos doentes infetados têm 70 ou mais anos.

Segundo a DGS, o primeiro caso de diagnóstico da doença dos legionários foi confirmado em 31 de outubro. Na passada sexta-feira foram confirmados oito casos, 14 no dia seguinte e quatro no domingo. Na segunda-feira foram confirmados sete casos, na terça-feira três casos, quarta-feira quatro casos e hoje até às 12:30 um outro.

Na terça-feira, o ministro da Saúde disse que a origem do foco de 'legionella' em Lisboa foi o hospital São Francisco Xavier, considerando que as primeiras evidências apontavam logo para uma emissão dentro do perímetro da unidade hospitalar.

JF (ARP) // VAM

Lusa/fim

+ notícias: Política

Tempo de espera nas urgências vai contar no pagamento da tutela aos hospitais

O pagamento dos serviços de urgência aos hospitais do SNS que os prestem irá levar em conta a percentagem de episódios atendidos dentro do tempo de espera previsto no protocolo de triagem.

CIP disponível para discutir salário mínimo, mas não de forma redutora

Bruxelas, 21 nov (Lusa) -- A CIP está disponível para discutir o salário mínimo, mas indisponível para uma negociação "redutora" centrada apenas nessa questão, pois há que acautelar a competitividade das empresas, afirmou hoje em Bruxelas o presidente da confederação, António Saraiva.

Governo da Madeira suporta passe universitário e reclama responsabilidade do Estado

Funchal, Madeira, 21 nov (Lusa) - O governo madeirense vai assumir o custo do Passe Sub-23 para estudantes da Universidade da Madeira (UMa), tendo inscrito meio milhão de euros no Orçamento Regional para 2018, mas afirma que deveria ser a República a suportar o encargo.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS