Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Autarcas do Porto querem VCI com restrições e CREP sem portagens

| Política
Porto Canal (AYR)

Vários autarcas da cidade do Porto criticam os preços impostos nas portagens da CREP, também conhecida por A41, e o elevado trânsito que a VCI tem todos os dias avança, esta segunda-feira, o Jornal de Notícias.

Na reunião realizada no dia 1 de março, Rui Moreira afirmou que “a VCI é a estrada com mais trânsito do país” mas que “muito do trânsito não é para a cidade”. O autarca afirmou, ainda, que “os veículos usam as vias radicais e não as periféricas por causa da distância e do preço”.

O presidente da Câmara Municipal do Porto explicou num artigo publicado pelo Correio da Manhã, que quer que a CREP “deixe de ser portajada, para aliviar a VCI, onde o trânsito de passagem continua a aumentar e a criar problema ambientais e de circulação, não apenas no Porto mais nos concelhos limítrofes”.

Nesse mesmo texto, Rui Moreira apresenta que a VCI regista “um tráfego superior a 250 mil veículos por dia, calculando-se que perto de 200 mil que ali circulam não se destinam à cidade do Porto”. O autarca indicou ainda que o investimento de mais de 300 milhões de euros na CREP “falou catastroficamente”.

Os autarcas de Vila Nova de Gaia, de Matosinhos, de Valongo, da Maia e de Gondomar, concordam e defendem as opiniões de Rui Moreira, avança o JN.

Para Vítor Rodrigues, presidente da Câmara Municipal de Gaia, “é necessário pensar em condicionamentos que aliviem pontes do Freixo e da Arrábida”, bem como aliviar o tráfego de veículos pesados.

O presidente da Câmara Municipal da Maia indicou ao JN que “se o Estado quer fazer da A41 aquilo que deveria ser, então que retire as portagens”.

José Manuel Ribeiro, presidente da Câmara Municipal de Valongo, afirma ainda que "a A41 veio aumentar a competitividade de Valongo" e que os "preços devem ser reduzidos".

+ notícias: Política

Eduardo Vítor Rodrigues diz que fecho de balcões da CGD em Gaia está "suspenso"

O presidente da Câmara de Vila Nova de Gaia disse saber que o processo de encerramento de balcões da Caixa Geral e Depósitos (CGD) neste concelho está "suspenso", mas caso ele se concretize promete "atuar".

Costa anuncia unidade de missão para captar empresas "pós-Brexit"

O primeiro-ministro afirmou hoje que será lançada uma unidade de missão destinada a incentivar a localização de empresas em Portugal que pretendam continuar sem condicionalismos no espaço europeu após a saída do Reino Unido da União Europeia.

Rui Rio afirma que a regionalização é uma das reformas que pode revitalizar o regime político

Numa altura em que se debate a reforma da descentralização, Rui Rio afirma que é tempo de falar de regionalização. O ex-autarca do Porto falou esta terça-feira à noite, em Braga num fórum económico.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS

Imperdíveis

Casa Ermelinda Freitas em Águas...

Nota Alta

"Eu ainda não senti a...