Conselho de Arbitragem censura intervenção do VAR em penálti revertido sobre Francisco Conceição no Estoril

Conselho de Arbitragem censura intervenção do VAR em penálti revertido sobre Francisco Conceição no Estoril
| Desporto
Porto Canal

O vice-presidente do Conselho de Arbitragem, João Ferreira, afirmou que a intervenção do VAR para anular o penálti assinalado em campo sobre Francisco Conceição “foi excessiva”.

No programa de divulgação dos áudios do VAR, na SportTV+, João Ferreira, na análise ao lance defende que “o VAR é para erros claros e óbvios. Se olharmos para o lance, não nos parece um erro claro e óbvio de assinalar penálti. Diria que alguns elementos suportariam a decisão do árbitro. Daí acharmos que a intervenção do VAR foi excessiva. Não haveria necessidade de acontecer porque há elementos que suportam a decisão tomada em campo".

Depois do encontro, os jogadores do plantel principal do FC Porto recorreram às redes sociais para expressarem a sua revolta com o sucedido no Estoril, na 27.ª jornada da Liga, através de uma mensagem uniforme, que surge acompanhada do vídeo do penálti cometido por Mangala sobre Francisco Conceição, que António Nobre assinalou e depois reverteu após a intervenção do VAR Tiago Martins.

Leia o diálogo entre o árbitro António Nobre e o VAR Tiago Martins:

VAR: António?
Árbitro: Sim?
VAR: Daqui VAR, sugiro que venhas à zona de revisão para avaliares o cancelamento do penálti, está bem? Anda para trás. O defesa vai sempre na mesma direção, no mesmo movimento.
Árbitro: Ok.
VAR: E o atacante vai e choca com ele. O defesa não faz nada para derrubar o atacante.
Árbitro: Então o gajo não o derruba, Tiago?
VAR: É um choque.
Árbitro: Olha aqui nas costas.
VAR: António, a decisão é tua.
Árbitro: Sim, sim. Tens outro ângulo? Vamos ver outro ângulo. Outra vez, esse.
VAR: Se reparares nas pernas, até é o atacante que choca...
Árbitro: Passa devagar. A perna esquerda...
VAR: O atacante, aqui, é que bate na perna do defesa.
Árbitro: Ok, está apoiado. É aqui. Ok, e não há mão?
VAR: Está só apoiado, não nenhum empurrão. Não há nenhum agarrão.
Árbitro: Esta é boa. Não há infração, mas também não há simulação. Vai ser bola ao solo.
VAR: Sim, vou-te mostrar outra vez os curtos para tu veres que é o atacante que choca com a perna.
Árbitro: Certo. É o defesa 22. Não comete qualquer infração.

+ notícias: Desporto

FC Porto: Resultados do fim de semana

Equipas de futebol, andebol, basquetebol, hóquei em patins, voleibol e natação representaram o clube. 

FC Porto: Daymaro Salina renova até 2026

A hegemonia do andebol do FC Porto na última década tem como um dos nomes mais fortes Daymaro Salina. Esteio dos Dragões na defesa e um dos maiores perigos no ataque, fez da Invicta a sua casa e é no conforto do lar que vai prosseguir por mais dois anos, até 2026.

FC Porto: Pepê convocado para a Copa América

Extremo junta-se a Wendell e Evanilson e faz do FC Porto o clube mais representado na lista do Brasil, a par do Real Madrid.