Radares de velocidade nos acessos ao Porto continuam a suscitar dúvidas entre condutores

Radares de velocidade nos acessos ao Porto continuam a suscitar dúvidas entre condutores
| Norte
Porto Canal

Apesar de terem sido instalados em dezembro de 2023, tal como foi noticiado na altura pelo Porto Canal, os radares de velocidade média da A29, em Vila Nova de Gaia, aparentam ainda não estar em funcionamento. A placa de sinalização dos equipamentos, obrigatória para o registo da contraordenação, continua tapada e a suscitar dúvidas nos condutores de uma das principais vias de acesso à cidade do Porto.

 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 

Uma publicação partilhada por Porto Canal (@porto.canal)

 

A identificação dos radares de velocidade média é obrigatória, tal como nos radares fixos, e obedece a uma sinalética própria: o sinal de trânsito H42. No caso do percurso da A29, estes sinais mantêm-se há alguns meses tapados por um plástico preto, conforme pode ser comprovado por imagens recentes captadas pelo Porto Canal.

A obrigação de sinalizar estes equipamentos é explanada no artigo 16.º do Decreto-Lei n.º 207/2005, onde pode ser lido que as “estradas e outros locais onde estejam ou venham a ser instalados meios de vigilância electrónica fixos por parte de forças de segurança são assinalados com a informação, apenas, da sua existência”.

O Porto Canal contactou a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, que indicou que "estes radares fazem parte de um segundo lote de radares que entrarão em funcionamento em data a anunciar, estando ainda a decorrer alguns procedimentos complementares necessários para a sua operacionalização".

O concelho do Porto tem atualmente seis radares em funcionamento, todos eles localizados na VCI, que medem a velocidade instantânea.

Já no distrito do Porto há 22 radares em funcionamento, ao qual se juntará, pelo menos, este novo de velocidade média na A29.

Este dispositivo está incluído na expansão do Sistema Nacional de Controlo de Velocidade (SINCRO) e irá juntar-se aos três com a mesma funcionalidade que já estão ativos no distrito:
- na A3, na Trofa, entre o quilómetro 15,9 e o quilómetro 16,9;
- na A42, em Paços de Ferreira (km9,1 a km7);
- na EN 211, no Marco de Canaveses e Penafiel (km1,4 a km5,8).

+ notícias: Norte

Incêndio que obrigou a evacuar passadiços do Paiva dado como controlado quatro horas depois

O incêndio que deflagrou esta terça-feira às 16h30 no concelho de Arouca, distrito de Aveiro, e que obrigou à evacuação dos passadiços do Paiva, foi dado como controlado cerca das 20h00, informou fonte da Proteção Civil.

Incêndio em Arouca obriga a evacuar passadiços do Paiva

O incêndio florestal que deflagrou, cerca das 16h30, em Espiunca, Arouca, obrigou a que os passadiços do Paiva fossem evacuados, revelou à Lusa fonte da Proteção Civil, que indicou ainda um reforço dos meios no terreno.

Famalicão vai requalificar e ampliar Escola Secundária em Joane

A Câmara de Vila Nova de Famalicão vai investir 22,7 milhões de euros na requalificação e ampliação da Escola Secundária Padre Benjamim Salgado, em Joane, foi esta terça-feira anunciado.