Hospital São João com tempo médio de espera de quase três horas para doentes urgentes

Hospital São João com tempo médio de espera de quase três horas para doentes urgentes
| Porto
Porto Canal/Agências

Os tempos médios de espera para doentes urgentes no Hospital de São João, no Porto, era de duas horas e 53 minutos para doentes urgentes, encontrando-se 29 pessoas com pulseira amarela.

Os dados apresentados no Portal do Serviço Nacional de Saúde referem-se ao tempo médio de espera para atendimento nas últimas duas horas e o número de doentes apresentado ilustra as pessoas que se encontram atualmente a aguardar atendimento, após triagem.

De acordo com os dados do Portal do SNS, consultados pela agência Lusa, tanto o número de doentes à espera nas urgências como o tempo de espera é mais reduzido do que nos últimos dias desta semana, em que os tempos médios chegaram a atingir as 18 horas em algumas urgências do país. 

Em Viseu, no Hospital São Teotónio, o tempo de espera para doentes urgentes era de seis horas, com 15 doentes a aguardar atendimento, após triagem.

Nos casos de pulseira amarela, o primeiro atendimento não deve demorar mais de 60 minutos, e no caso da pulseira verde a recomendação é que não vá além de 120 minutos (duas horas).

O Ministério da Saúde divulgou na sexta-feira que cerca de 190 centros de saúde vão estar abertos no fim de semana de Ano Novo, à semelhança do que aconteceu no Natal.

De acordo com o calendário, no sábado, dia 30, estarão abertos 233 centros de saúde, e no domingo, dia 31, estarão em funcionamento 193 unidades. Na segunda-feira, feriado, dia 1 de janeiro e na terça-feira, dia 02, estarão operacionais 187 centros de saúde.

Também no comunicado o Ministério da Saúde afirma que, em caso de situação de doença aguda não emergente, a utilização das alternativas disponíveis aos serviços de urgência, como os centros de saúde e os serviços digitais SNS 24, “contribui para diminuir a pressão sobre os serviços de emergência hospitalar, através de atendimentos que podem ser prestados noutros pontos do SNS”.

+ notícias: Porto

GNR desmantela rede que traficava droga no Porto. Apreendidas mais de 70 mil doses de haxixe

A GNR desmantelou, no domingo, uma rede de tráfico de droga que operava no Grande Porto, tendo detido 10 homens e apreendido mais de 70 mil doses de estupefacientes, bem como cerca de 100 mil euros, foi esta segunda-feira revelado.

Ativistas pró-Palestina obrigados a "desmobilizar" da Faculdade de Ciências do Porto

Os ativistas pró-palestina que desde quinta-feira se mantêm em protesto na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto receberam, no domingo, a indicação para desmobilizarem até às 20h de hoje ou “serão acionados meios” para os retirar.

Câmara do Porto reprova bolsa de prioridades para casos de despejo sem habitação assegurada

São precisas mais respostas de emergência e de inclusão social no Porto. Foi essa a base da proposta que a CDU apresentou esta segunda-feira, em reunião de executivo, que recomendava um programa integrado nas áreas mais carenciadas da cidade. A recomendação acabou reprovada, contando apenas com os votos favoráveis do PS e do Bloco de Esquerda.