António Costa cancela agenda no Porto após buscas em gabinetes do Governo

António Costa cancela agenda no Porto após buscas em gabinetes do Governo
| Porto
Porto Canal / Agências

O primeiro-ministro cancelou a sua agenda prevista para o Porto, onde ao fim da manhã desta terça-feira deveria presidir à sessão de abertura para sessão da “Tomorrow Summit 2023”, disse à agência Lusa fonte oficial do gabinete de António Costa.

Horas antes, a assessoria de comunicação do primeiro-ministro confirmou à agência Lusa a existência de buscas no gabinete de Vítor Escária, chefe de gabinete do primeiro-ministro, acrescentando que não há mais comentários por parte de São Bento.

“Confirmamos que há buscas no gabinete do chefe de gabinete [Vítor Escária]. Não comentamos a ação da justiça”, disse à agência Lusa fonte da assessoria de António Costa.

Também na manhã desta terça-feira, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, recebeu o primeiro-ministro no Palácio de Belém, a pedido de António Costa.

Segundo o jornal Público, estão em curso esta manhã buscas da PSP em diversos ministérios e na residência oficial do primeiro-ministro, em São Bento.

O memo jornal adianta que já foram detidos o chefe de gabinete de António Costa, Vítor Escária, o consultor próximo de Costa, Diogo Lacerda Machado, e o presidente da Câmara de Sines, o socialista Nuno Mascarenhas, assim como dois executivos de empresas.

Estão a ser alvo de buscas e serão constituídos arguidos os ministros do Ambiente, Duarte Cordeiro, e das Infraestruturas, João Galamba, assim como o antigo ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes.

A operação deve-se a uma investigação sobre os negócios do lítio, em Montalegre.

+ notícias: Porto

O antigo quarteirão da Casa Forte mudou com o Porto

O antigo quarteirão da Casa Forte, no coração do Porto, ganhou o nome da loja da esquina voltada ao Mercado do Bolhão. A emblemática empresa da cidade viria a encerrar em 2004, paradoxalmente o ano da criação da Porto Vivo, Sociedade de Reabilitação Urbana, que lançou as bases da nova vida do quarteirão. Entre projetos, demolições e mudança de promotores imobiliários, só ao fim de quase 20 anos é que o espaço da cidade vai voltar a receber moradores. Numa viagem pela história, que resposta dá à cidade o novo Quarteirão da extinta Casa Forte?

“A ‘cidade-negócio’ vai-se descaracterizando completamente perdendo interesse até para turistas”

A histórica Mercearia do Bolhão, aberta no Porto desde 1880, vai encerrar portas a 30 de abril para dar lugar a uma loja da multinacional Ale-Hop, como avançou o Porto Canal na manhã desta sexta-feira. À esquerda, os vereadores da oposição da Câmara do Porto lamentam que a cidade se vá ‘descaracterizando’.

Neonia: o novo museu interativo e néon que ilumina a história do Porto

Sabia que em 1917, dois acrobatas subiram à Torre dos Clérigos sem qualquer equipamento de proteção para promover uma marca de bolachas? Apesar de já ter passado mais de um século, este é um entre os tantos acontecimentos lembrados no novo museu que abriu portas este sábado no coração do Porto. “O Neonia é uma pura homenagem à cidade”, sublinha um dos responsáveis.