Costa garante que linha de alta velocidade entre Lisboa e Vigo "vai ser feita"

Costa garante que linha de alta velocidade entre Lisboa e Vigo "vai ser feita"
Foto: Porto Canal|Ana Torres
| Norte
Porto Canal/Agências

O primeiro-ministro, António Costa, garantiu esta sexta-feira, em Gondomar, que a obra da linha ferroviária de alta velocidade entre Lisboa e Vigo "vai ser feita", apesar de ser um investimento "que se julgava que nunca se faria".

"É um investimento gigantesco que está a ocorrer em todo o país e que culminará, e também era uma obra que se julgava que nunca se faria, e que vai ser feita, que é a ligação em alta velocidade entre Lisboa e o Porto, entre o Porto e Vigo, e seguramente um dia também entre Porto e Lisboa e o resto da Europa", disse esta sexta-feira António Costa no Auditório Municipal de Gondomar (distrito do Porto).

O primeiro-ministro falava sobre investimentos na ferrovia na cerimónia de apresentação da extensão da rede do Metro do Porto, que compreende as linhas ISMAI - Muro - Trofa (metro até Muro e 'metrobus' até Paradela), Gondomar II (Dragão - Souto), Maia II (Roberto Frias - Parque Maia - Aeroporto) e São Mamede (IPO - Estádio do Mar), numa cerimónia que contou com a presença também do ministro do Ambiente e Ação Climática e dos autarcas da região.

António Costa destacou que em curso o "maior investimento em ferrovia que o país teve" não só nas últimas décadas, já que destacou que "só o investimento da linha entre Sines e o Caia é o maior investimento dos últimos 100 anos na ferrovia".

O chefe do Governo salientou ainda a eletrificação da Linha do Douro até ao Marco de Canaveses, no distrito do Porto, e também a eletrificação da Linha do Minho até Viana do Castelo, sendo que a linha também já está eletrificada até Valença (distrito de Viana do Castelo).

O projeto de alta velocidade Lisboa-Porto, com um custo estimado de cerca de 4,5 mil milhões de euros, prevê uma ligação entre as duas cidades numa hora e 15 minutos, com paragem possível em Leiria, Coimbra, Aveiro e Gaia.

O desenvolvimento do projeto e construção da primeira fase (Porto - Soure) está previsto para os intervalos entre 2024 e 2028, e o Soure - Carregado (a ligação a Lisboa terá desenvolvimento posterior) entre 2026 a 2030.

Paralelamente, está também a desenvolver-se a ligação Porto-Vigo, dependente da articulação com Espanha, com nova ligação ao Aeroporto Francisco Sá Carneiro e troço Braga-Valença (distrito de Viana do Castelo) até 2030.

+ notícias: Norte

Gaia vai divulgar denúncias de más práticas nas reuniões do executivo

As denúncias que cheguem ao município de Vila Nova de Gaia, mesmo as anónimas, sobre a gestão da autarquia passam a partir desta segunda-feira a ser levadas a reunião de câmara, anunciou o presidente do executivo.

Guimarães quer criar polo tecnológico no setor espacial 

A cidade de Guimarães vai implementar um plano estratégico para a criação de um ‘Space Hub’, um polo tecnológico que visa a promoção do setor espacial, nomeadamente das tecnologias relacionadas com o ‘Novo Espaço’ (New Space).

Ribau Esteves satisfeito com lota mas quer transferência sem custos

O presidente da Câmara de Aveiro elogiou o ministro das Finanças, esta segunda-feira, por ter “desbloqueado” a transferência para o município da antiga lota, mas anunciou que vai tentar junto do próximo Governo que seja feita sem custos.