"Levam-nos o ouro que nós temos”. Populares revoltam-se contra transladação de Eça de Queiroz para Lisboa

"Levam-nos o ouro que nós temos”. Populares revoltam-se contra transladação de Eça de Queiroz para Lisboa
| Norte
Porto Canal

“Eça é da Nação, Santa Cruz do Douro é o seu panteão”. A faixa ergueu-se assim que a notícia da transladação dos restos mortais de Eça de Queiroz para o panteão chegou a Santa Cruz do Douro, onde o autor está sepultado há 34 anos.

A resolução que concede honras de Panteão Nacional a Eça de Queiroz, uma iniciativa da fundação, impulsionada pelo grupo parlamentar do PS, foi aprovada, por unanimidade, em plenário, no dia 15 de Janeiro de 2021 e desde essa altura que um grupo de cidadãos e alguns membros da família de Eça de Queiroz tem feito tudo para travar esta decisão.

 

 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 

Uma publicação partilhada por Porto Canal (@porto.canal)

 

O Porto Canal conversou com o antigo presidente da junta de freguesia de Santa Cruz do Douro e São Tomé de Covelas que considera esta “uma perda irreparável”.

“O interior continua a ser cada vez mais pobre. Em vez de nos trazerem mais-valias, para trazer pessoas para o interior, para tornar o interior menos desertificado do que está, levam-nos o ouro que nós temos”, aponta António Fonseca.

Seis dos 19 bisnetos vivos do autor são contra e até já entraram com uma providência cautelar para interromper o processo sendo que em Santa Cruz do Douro está também a correr um abaixo assinado para tentar reverter esta decisão e manter na terra o célebre escritor português. É proposto como alternativa que as honras sejam concedidas através de uma lápide evocativa, sem a mudança dos restos mortais.

“Todas as honras que queiram atribuir a Eça são bem vindas e os restos mortais, o que resta dos restos mortais, por favor, deixem descansar Eça em paz onde ele se sentiu tão bem para quem leu Cidade e as Serras”, afirma o antigo presidente da junta de freguesia.

Apesar destas vozes de protesto o processo continua a avançar, e estão a ser feitas todas as diligências para travar a transladação dos restos mortais de Eça de Queiroz marcada para dia 27 de setembro.

+ notícias: Norte

“Ato fora da lei”. Homem atravessa o Rio Douro numa corda perante desconhecimento das autoridades

Um homem foi filmado, durante a tarde deste sábado, a atravessar o Rio Douro num cabo que liga a margem de Vila Nova de Gaia ao Porto. Contactada pelo Porto Canal, a nona esquadra da Polícia de Segurança Pública (PSP) do Porto assegurou, inicialmente, tratar-se este de um evento que decorre durante o fim-de-semana, um cenário refutado momentos depois.

Golfinho ferido com gravidade resgatado na Ria de Aveiro pela GNR

Um golfinho foi resgatado das pedras do molhe do Norte na Barra de Aveiro, no dia 9 de abril, por uma Unidade de Controlo Costeiro e de Fronteiras (UCCF) da Guarda Nacional Republicana.

Suspensas buscas do jovem desaparecido no mar da praia da Costa Nova 

AS buscas do jovem de 19 anos que desapareceu este domingo no mar da praia da Costa Nova, em Ílhavo (Aveiro), vão ser suspensas ao final do dia, anunciou a Autoridade Marítima Nacional.