Notícia Porto Canal. Câmara Municipal de Espinho já solicitou auditoria à Inspeção-Geral de Finanças

| Norte
Porto Canal

A Presidente da Câmara Municipal de Espinho, Maria Manuel Cruz, anunciou esta segunda-feira, em reunião da Câmara Municipal, já ter pedido auditoria à Inspeção-Geral de Finanças

Em reunião da Câmara Municipal, convocada para as 17h00 desta segunda-feira, a Presidente da Câmara Municipal de Espinho, Maria Manuel Cruz, anunciou já ter requerido à IGF - Autoridade de Auditoria a realização de ações inspetivas para verificar a legalidade dos procedimentos de gestão urbanística do Município de Espinho nos últimos cinco anos, com particular incidência naqueles que têm vindo a ser mencionados no âmbito da Operação Vórtex. Maria Manuel Cruz considerou ser essencial “submeter o município à auditoria da IGF e ao crivo rigoroso dos seus inspetores”, tendo como objetivos possibilitar “uma atuação efetiva da Câmara Municipal caso se detetem ilegalidades” e repor o sentimento de confiança na autarquia e nos seus serviços.

Ainda a esse respeito, Maria Manuel Cruz e o novo executivo municipal optaram também por remeter às reuniões da Câmara Municipal todos os processos de licenciamento urbanístico, pedidos de informação prévia, estudos prévios e projetos de arquitetura, reforçando a transparência e a fiscalização em matérias de urbanismo.

Recorde-se que o presidente da Câmara de Espinho, Miguel Reis, o chefe da divisão do Urbanismo da autarquia, José Costa, e os três empresários foram detidos por suspeitas de corrupção ativa e passiva, prevaricação, abuso de poderes e tráfico de influências.

Esta operação da PJ, denominada de Vórtex, contou com a presença de magistrados do Departamento de Investigação e de Ação Penal (DIAP) Regional Porto, investigadores e peritos financeiros da Diretoria do Norte, bem como de peritos informáticos de várias estruturas daquela polícia.

“A investigação versa sobre projetos imobiliários e respetivo licenciamento, respeitantes a edifícios multifamiliares e unidades hoteleiras, envolvendo interesses urbanísticos de dezenas de milhões de euros, tramitados em benefício de determinados operadores económicos”, explicou a PJ.

Miguel Reis foi eleito presidente da Câmara de Espinho pelo PS nas autárquicas de 2021, com 40,23% dos votos.

É atualmente presidente da concelhia do PS de Espinho, depois de ter sido reeleito para o cargo em outubro de 2022.

+ notícias: Norte

FC Porto: O abraço de Sérgio Conceição à equipa dos Dragões

O momento em que Sérgio Conceição se reencontrou com os jogadores do FC Porto após a conquista da Taça de Portugal foi marcado por uma onda de emoções.

Há 400 presépios para ver em Barcelos

Em Barcelos desde o início deste mês que estão em exposição em vários espaços mais de 400 presépios de artesãos do concelho. Uma óptima oportunidade para conhecer mais e melhor do artesanato barcelense.

Pena de 25 anos de prisão para seis envolvidos na morte de empresário de Braga

O Tribunal de São João Novo, no Porto, aplicou esta quarta-feira 25 anos de prisão, a pena máxima, a seis envolvidos em 2016 no sequestro e homicídio de um empresário de Braga, cujo corpo acabou dissolvido em ácido sulfúrico.