Operação Admiral: Marido de Ana Lúcia Matos fica em prisão preventiva

| País
Porto Canal

Na semana passada, Ana Lúcia Matos e o marido foram duas das 14 pessoas detidas, no âmbito da megaoperação internacional de combate à fraude fiscal (Operação Admiral).

Esta terça-feira, seis arguidos da Operação Admiral vão aguardar o desenrolar do processo em prisão preventiva, incluindo o marido da apresentadora Ana Lúcia Matos. Um dos arguidos passará depois a prisão domiciliária, com proibição de contactos.

Segundo a nota divulgada à comunicação social, o sexto arguido que ainda se encontra detido viu ser-lhe aplicada a medida de coação de prisão domiciliária, sendo que "até que se mostrem preenchidos todos os requisitos necessários" para o cumprimento dessa medida irá aguardar em prisão preventiva.

Quanto aos restantes oito arguidos, o TIC do Porto aplicou as medidas de Termo de Identidade e Residência (TIR), proibição de constituírem sociedades e/ou abrir contas bancárias ou nelas deterem poderes de movimentação, proibição de contactar entre si e/ou com qualquer interveniente processual e proibição de se ausentar para o estrangeiro sem autorização prévia do tribunal.

O Porto Canal soube que a modelo e o marido foram surpreendidos na passada terça-feira, na moradia onde vivem na Margem do Sul, por inspetores da Polícia Judiciária que deram cumprimento ao mandado de busca e detenção. Foram apreendidos vários bens ao casal.

A operação Admiral é a maior investigação europeia de fuga ao fisco com um valor global de faturação de 2,2 mil milhões de euros. A operação está a ser coordenada pelo Departamento de Investigação e Ação Penal do Porto. Já na passada terça-feira decorreram buscas na Margem Sul, Santarém, Figueira da Foz, Coimbra, Vila Nova de Gaia, Porto, Guimarães e Braga.

+ notícias: País

FC Porto vai ter jogo difícil frente a Belenenses moralizado afirma Paulo Fonseca

O treinador do FC Porto, Paulo Fonseca, disse hoje que espera um jogo difícil em casa do Belenenses, para a 9.ª jornada da Liga de futebol, dado que clube "vem de uma série de resultados positivos".

Proteção Civil desconhece outras vítimas fora da lista das 64 de acordo com os critérios definidos para registar os mortos dos incêndios na região centro

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) disse hoje desconhecer a existência de qualquer vítima, além das 64 confirmadas pelas autoridades, que encaixe nos critérios definidos para registar os mortos dos incêndios na região centro.

FC Porto em sub17 recebe e vence Padroense 2-1

A equipa de Sub-17 do FC Porto recebeu e bateu este domingo o Padroense (2-1), no Olival, em jogo da 11.ª jornada da 2.ª fase do Campeonato Nacional de Juniores B. Francisco Ribeiro (41m) e Pedro Vieira (62m) assinaram os golos dos Dragões, que mantêm a liderança da série Norte, com 28 pontos, mais três do que o Sporting de Braga.