Divulgados novos contratos "duvidosos". Adjunto de António Costa sem tréguas à vista

Divulgados novos contratos "duvidosos". Adjunto de António Costa sem tréguas à vista
| País
Porto Canal

Miguel Alves, atual secretário adjunto de António Costa, é suspeito de assinar contratos "duvidosos" com Manuela Couto. A informação foi avançada esta terça-feira pela CNN Portugal.

Recordes-se que Manuela Couto esteve alegadamente implicada em casos de corrupção ativa envolvendo vários presidentes do Norte do país.

Miguel Alves foi presidente do Município de Caminha entre 2013 e 2022 e segundo a CNN Portugal assinou contratos de aproximadamente 71 mil euros, relativos à prestação de serviços de comunicação. No entanto, as suspeitas surgem pelo facto de a autarquia ter em funcionamento um gabinete de imprensa dedicado exclusivamente às áreas contratadas.

Os documentos assinados pelo atual adjunto de António Costa abrangem empresas de Manuela Couto, mulher do antigo deputado José Couto. Um exemplo disso é o contrato de 2016 com a empresa "Make it Happen". 

+ notícias: País

Governo vai abrir mais de 900 vagas para médicos de família

O Governo vai abrir mais de 900 vagas para médicos de família e está a desenvolver um modelo de incentivos para os que ultrapassam as 150 horas obrigatórias por lei nas urgências, anunciou esta quarta-feira a ministra da Saúde. 

Sindicato dos Jornalistas acusa Global Media de falhar pagamentos apesar de ter dinheiro "para essa obrigação" 

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) acusou esta quarta-feira a Global Media Group (GMG) de falhar os pagamentos relativos a março a mais de 130 trabalhadores a recibos verdes, apesar de ter recebido dinheiro “para cumprir essa obrigação”.

FC Porto vai ter jogo difícil frente a Belenenses moralizado afirma Paulo Fonseca

O treinador do FC Porto, Paulo Fonseca, disse hoje que espera um jogo difícil em casa do Belenenses, para a 9.ª jornada da Liga de futebol, dado que clube "vem de uma série de resultados positivos".