Suspeito de ataque em Copenhaga tem antecedentes psiquiátricos

Suspeito de ataque em Copenhaga tem antecedentes psiquiátricos
twitter
| Mundo
Porto Canal / Agências

O alegado autor de um tiroteio ocorrido no domingo em Copenhaga, que fez três mortos e quatro feridos graves, tem antecedentes de doença psiquiátrica, indicou hoje a polícia dinamarquesa, afirmando não haver indícios de "um ato terrorista".

De acordo com o inspetor-chefe da polícia de Copenhaga, Søren Thomassen, o dinamarquês de 22 anos, detido nas imediações do centro comercial, terá disparado aleatoriamente.

"Ele é conhecido por ter antecedentes de doença psiquiátrica", afirmou numa conferência de imprensa, acrescentando que o alegado autor terá agido sozinho.

Entre as vítimas mortais encontram-se dois jovens de 17 anos dinamarqueses e um cidadão russo de 47 anos, explicou o responsável, referindo ainda que, entre os quatro feridos graves, foram identificadas duas mulheres dinamarquesas, de 19 e 40 anos, e dois cidadãos suecos, um homem de 50 anos e uma adolescente de 16.

Várias outras pessoas sofreram ferimentos ligeiros enquanto fugiam do local do crime, acrescentou.

Numa reação ao tiroteio, a primeira-ministra da Dinamarca, Mette Frederiksen, disse no domingo que o país foi atingido por um "cruel ataque".

"É incompreensível, comovente, sem sentido. A nossa bela, e geralmente tão segura, capital foi alterada numa fração de segundos", afirmou num comunicado oficial.

Numa declaração conjunta, a rainha Margarida, o príncipe Frederico e a mulher e a princesa Maria afirmaram que "a situação pede unidade e cuidado".

+ notícias: Mundo

Johnson & Johnson suspende venda de pó de talco para bebés em todo o mundo em 2023

A Johnson & Johnson vai suspender em 2023 a venda do pó de talco para bebés em todo o mundo, após milhares de reclamações sobre a segurança do produto, suspenso já há dois anos nos Estados Unidos e Canadá.

Morreu o cartoonista francês Jean-Jacques Sempé, autor de "O Menino Nicolau"

O cartoonista francês Jean-Jacques Sempé, conhecido pelas suas ilustrações em "O Menino Nicolau" e pelos seus desenhos humorísticos nos jornais, morreu hoje aos 89 anos, confirmou a sua mulher, Martine Gossieaux Sempé, à agência de notícias AFP.

Julho foi dos meses mais quentes jamais registados no mundo

O mês passado foi um dos julhos mais quentes jamais registados no mundo, indicou, esta terça-feira, a Organização Meteorológica Mundial (OMM), uma agência especializada da Organização das Nações Unidas (ONU) com sede em Genebra.