Covid-19: Vacina Pfizer/BioNTech "é eficaz" contra variante Ómicron com três doses

Covid-19: Vacina Pfizer/BioNTech "é eficaz" contra variante Ómicron com três doses
| Mundo
Porto Canal com Lusa

A vacina contra a covid-19 desenvolvida pelas empresas Pfizer e BioNTech "ainda é eficaz" contra a variante Ómicron do vírus com "três doses", mas "provavelmente" insuficiente com apenas duas, garantiu hoje a BioNTech, em comunicado.

De acordo com a empresa, estudos realizados pelos seus laboratórios concluíram que "a vacina ainda é eficaz contra a covid-19, também contra a variante Ómicron, se tiver sido administrada três vezes".

No entanto, acrescentou, esta variante "provavelmente não é suficientemente neutralizada após duas doses".

Apesar da eficácia com três doses, a BioNTech afirmou que quer finalizar uma vacina adequada à variante Omicron "até março".

+ notícias: Mundo

EUA reforçam ajuda militar a Kiev com 800 milhões de dólares

Os Estados Unidos (EUA) vão reforçar a ajuda militar à Ucrânia em quase 800 milhões de dólares (797 milhões de euros), disponibilizando pelo menos uma dúzia de 'drones' de vigilância Scan Eagle, segundo autoridades norte-americanas.

Ucrânia: Preço do gás com novo máximo devido a paragem anunciada no Nord Stream

O preço do gás europeu continuou esta sexta-feira a aumentar atingindo um novo recorde no encerramento, depois de ter sido anunciado que o fornecimento de gás através do gasoduto Nord Stream será interrompido durante três dias.

Monkeypox: EMA autoriza nova técnica para administrar vacina

A Agência Europeia do Medicamento (EMA, na sigla em inglês) aprovou, esta sexta-feira, a administração da vacina Imvanex de forma intradérmica (na pele). Até ao momento, a vacina estava apenas autorizada para injeção subcutânea (debaixo da pele). Como o novo método, será possível imunizar mais pessoas contra a também chamada varíola dos macacos.