Surto com 60 infetados em lar da Misericórdia de Paços de Ferreira

| Norte
Porto Canal com Lusa

Um surto no lar da Santa Casa da Misericórdia (SCMPF) de Paços de Ferreira, no distrito do Porto, causou 60 infetados pelo novo coronavírus, sendo 46 utentes e 14 colaboradores, revelou hoje a instituição.

Em comunicado, a SCMPF esclarece a Estrutura Residencial para Idosos (ERPI) onde surgiu o surto tem 58 utentes e que, dos 46 com testes positivos para o coronavírus, que provoca a covid-19, "quatro estão internados em unidades hospitalares".

Os restantes "12 utentes testaram negativo", indica a instituição, esclarecendo que o surto teve início em "meados de outubro" e que a informação hoje divulgada corresponde "à última testagem", feita no dia 26.

À Lusa, a vice-provedora Mercedes Barros, explicou que utentes com casos positivos "foram colocados numa ala covid num novo espaço da Misericórdia".

Acrescentou que a "maioria está assintomática e que, em alguns casos, se regista febre ligeira".

A responsável deu conta ainda de "três óbitos ocorridos entre o final da semana passada a atual", mas que "não estão associados à pandemia".

Relativamente aos óbitos, o comunicado da instituição refere que um dos utentes morreu "por doença súbita e dois por pneumonia" e que todos "já tinham antecedentes clínicos relevantes".

Relativamente aos 39 profissionais que trabalham na ERPI, a Misericórdia revelou que "14 acusaram positivo à covid-19" e que três deles "regressam no final da semana ao trabalho".

Os demais devem fazê-lo uma semana depois.

"Três desses funcionários estão em isolamento profilático", lê-se ainda no comunicado.

A SCMPF acrescenta que, no âmbito da cooperação com o Serviço Municipal de Proteção Civil, foi feita a "revisão e permanente atualização do plano de contingência, em articulação com a Autoridade de Saúde Local e Segurança Social".

"Foram instaladas camas para a criação de condições de isolamento institucional" e "feita a descontaminação das instalações, levada a efeito pelo Elemento NBQ do Exército, em articulação com o Comando Distrital de Operações de Socorro", diz.

As "desinfeções complementares" foram feitas pelos "Bombeiros Voluntários de Freamunde" e "foram reforçadas as equipas de cuidadores, num total de cinco ajudantes de lar, provenientes das Brigadas de Emergência da Segurança Social".

Da parte da câmara, salientou a Santa Casa, foi "reforçada a entrega de Equipamentos de Proteção Individual".

A colaboração das várias entidades, sustenta a Santa Casa, "permitiu conter o surto, isolar em segurança os utentes negativos, bem como aumentar a segurança das equipas nos cuidados aos utentes positivos".

Portugal contabiliza pelo menos 2.694 mortos associados à covid-19 em 156.940 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

+ notícias: Norte

Incêndio que obrigou a evacuar passadiços do Paiva dado como controlado quatro horas depois

O incêndio que deflagrou esta terça-feira às 16h30 no concelho de Arouca, distrito de Aveiro, e que obrigou à evacuação dos passadiços do Paiva, foi dado como controlado cerca das 20h00, informou fonte da Proteção Civil.

Incêndio em Arouca obriga a evacuar passadiços do Paiva

O incêndio florestal que deflagrou, cerca das 16h30, em Espiunca, Arouca, obrigou a que os passadiços do Paiva fossem evacuados, revelou à Lusa fonte da Proteção Civil, que indicou ainda um reforço dos meios no terreno.

Famalicão vai requalificar e ampliar Escola Secundária em Joane

A Câmara de Vila Nova de Famalicão vai investir 22,7 milhões de euros na requalificação e ampliação da Escola Secundária Padre Benjamim Salgado, em Joane, foi esta terça-feira anunciado.