Covid-19: México com 266 mortos e 4.767 infetados em 24 horas

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Cidade do México, 04 ago 2020 (Lusa) -- O México registou 266 mortes e 4.767 casos de infeção com o novo coronavírus, anunciaram as autoridades.

No total, o país registou 48.012 óbitos e 443.813 contágios confirmados desde o início da pandemia.

A Cidade do México e os estados do México, Tabasco, Guanajuato e Veracruz são as entidades do país com o maior número de casos e representam cerca de 45% do total de infeções no país.

Metade dos 32 estados do país estão classificados como zonas de risco máximo de contágio e a outra metade como zonas de alto risco, de acordo com os novos critérios relativos à covid-19 que começaram a seres aplicados na segunda-feira.

Segundo a Universidade Johns Hopkins, o México é o terceiro país do mundo com o maior número de mortes devido à covi-19, só ultrapassado pelos Estados Unidos e Brasil, sendo a sexta nação com mais casos.

Ainda assim, os registos oficiais têm sido questionados desde a deteção do primeiro caso porque as autoridades sanitárias se recusaram a realizar testes em massa e o México é, por isso, um dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) que aplica menos testes.

As investigações jornalísticas baseadas em certidões de óbito estimam que na capital mexicana o número de mortes é três vezes maior do que o detetado.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 689 mil mortos e infetou mais de 18,1 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

MIM // MIM

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

OMS estima que sismo na Turquia e Síria terá afetado até 23 milhões de pessoas

A Organização Mundial da Saúde (OMS) diz que o sismo que abalou a Turquia e a Síria terá afetado diretamente 23 milhões de pessoas, das quais 1,4 milhões são crianças.

"Uma das maiores catástrofes do mundo". Presidente turco anuncia três meses de estado de emergência

O governo turco declarou, esta terça-feira, estado de emergência por três meses nas 10 províncias afetadas pelos fortes sismos de segunda-feira, que já provocaram pelo menos 3.549 mortos e 22.000 feridos no país.

Dois transexuais de Hong Kong alcançaram a "vitória final" em tribunal em relação à mudança de género

O tribunal de última instância de Hong Kong decidiu que a cirurgia de mudança completa de sexo não deve ser um requisito para que alguém veja o género alterado nos documentos de identidade oficiais.