Fogo no Fundão obriga ao corte da linha da Beira Baixa

| País
Porto Canal com Lusa

Fundão, Castelo Branco, 15 ago (Lusa) - O incêndio que progride no concelho do Fundão obrigou hoje à tarde à suspensão da ligação ferroviária da Beira Baixa, entre Castelo Branco e a Covilhã, disse à agência Lusa fonte da Infraestruturas de Portugal (IP).

De acordo com a IP, o corte da linha da Beira Baixa foi feito às 16:25, "por pedido do CDOS [Comando Distrital de Operações de Socorro] de Castelo Branco".

Contactada pela agência Lusa, a CP referiu que um comboio que ia em direção à Covilhã ficou parado em Castelo Branco face ao corte da linha. O mesmo comboio faria depois a viagem de regresso a partir da Covilhã.

O transbordo ainda não está assegurado, sendo que "a situação está em avaliação", afirmou fonte da CP.

Também a nacional número 18 (N18) e a autoestrada número 23 (A23), entre Castelo Novo e Alcaide, estão cortadas ao trânsito nos dois sentidos devido às chamas que afetam o concelho do Fundão, distrito de Castelo Branco.

Segundo a página da Proteção Civil, às 19:10, estavam 415 operacionais, 121 veículos e dez meios aéreos a combater o fogo.

JYGA // EL

Lusa/Fim

+ notícias: País

Mais de 200.000 eleitores podem já votar este domingo 

Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República, é um dos mais de 200 mil eleitores que se inscreveram para o voto antecipado, este domingo, uma semana antes do dia das legislativas.

Segundo satélite português lançado para o espaço esta segunda-feira

O segundo satélite português vai ser lançado para o espaço na segunda-feira, a partir dos Estados Unidos, para observar os oceanos durante três anos.

Marcelo vota antecipadamente e pede que se pondere voto eletrónico

O Presidente da República apelou aos portugueses para que votem este domingo e no dia 10, evitando a tendência de aumento de abstenção que se verifica noutros países, e pediu que se ponderasse sobre o voto eletrónico.