Dominado fogo que queimou vasta área de pinhal em Ribeira de Pena

Dominado fogo que queimou vasta área de pinhal em Ribeira de Pena
| Norte
Porto Canal com Lusa

O incêndio que queimou uma vasta área de pinhal e que deflagrou terça-feira à tarde em Agunchos, em Ribeira de Pena, foi dominado a meio da manhã desta quarta-feira, disse fonte da Proteção Civil.

Pelo terreno vão manter-se cerca de 250 operacionais, apoiados por cerca de 70 viaturas e três meios aéreos, em operações de consolidação, rescaldo e de vigilância. O reforço dos meios foi feito com grupos de Aveiro, Braga e Porto.

O presidente da Câmara de Ribeira de Pena, Rui Vaz Alves, disse à agência Lusa que o fogo queimou uma grande área de mato e floresta, essencialmente composta por pinhal.

O alerta para este fogo foi dado às 14h48 de terça-feira.

O autarca referiu que as chamas propagaram-se “muito rapidamente” numa zona de declive e de difícil acesso.

Rui Vaz Alves referiu que este fogo causou alguma preocupação, aproximou-se de algumas aldeias, no entanto disse que não foi necessário retirar pessoas.

Por volta das 22:00 de terça-feira, deflagrou um outro incêndio no concelho, em zona “muito habitada”, que, segundo o presidente, “foi dominado rapidamente”.

+ notícias: Norte

Popular atira objetos e faz gestos obscenos para arruada do PS em Guimarães

A uma semana das eleições legislativas antecipadas, o líder do PS encontra-se em campanha no Norte do país, arrancando o dia em Vila do Conde, com uma arruada em Caxinas, seguida de mais duas ações de rua, em Guimarães e em Vizela, e, ao final do dia, dois comícios, o primeiro será em Braga e o último, em Viana do Castelo.

Portugal regressa ao espaço. Satélite construído em Matosinhos é lançado esta segunda-feira

O "Aeros", um nanossatélite de 4,5 quilos, seguirá a bordo de um foguetão Falcon 9, que descolará da base da empresa SpaceX de Vandenberg às 21:18 (hora de Lisboa), de acordo com a Thales Edisoft Portugal, líder do consórcio nacional que projetou, construiu e operará o engenho, e que agrega várias empresas e instituições académicas.

Norte com o maior número de ocorrências devido ao mau tempo

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) contabilizou 33 ocorrências durante a noite passada devido ao mau tempo, sobretudo na região Norte e relacionadas com limpezas de via, sem registo de feridos.