Info

Ministério da Agricultura avalia estragos do mau tempo em Vila Pouca de Aguiar

| Norte
Porto Canal com Lusa

Vila Pouca de Aguiar, Vila Real, 11 jul (Lusa) -- O Ministério da Agricultura informou estar a fazer a avaliação dos estragos causados pela queda intensa de chuva e de granizo que esta tarde atingiu o concelho de Vila Pouca de Aguiar, no distrito de Vila Real.

Segundo referiu, em comunicado, os serviços estão focados na identificação de prejuízos materiais relacionados com situações que possam dar origem à necessidade de restabelecimento do potencial produtivo, nomeadamente infraestruturas de apoio à atividade agrícola e equipamentos.

Isto porque, no que diz respeito às culturas, a queda de chuvas intensas e de granizo constituem um risco coberto pelo sistema de seguros agrícolas, subsidiado pelo Estado em 60%.

Esta tarde, poucos minutos de chuva intensa, acompanhada de granizo, provocaram inundações momentâneas em algumas artérias do centro de Vila Pouca de Aguiar e estragos em a nível da agricultura.

Duarte Marques, responsável pela proteção civil de Vila Pouca de Aguiar, referiu que o mau tempo provocou inundações em vias do centro da vila, o arrastamento de um veículo e alguns estragos a nível de pavimentos, condutas e passeios.

O mau tempo afetou também algumas aldeias limítrofes da sede do concelho onde, segundo o responsável, os estragos estão mais relacionados com a queda de granizo que afetou produções agrícolas, a nível de hortícolas, arvores de fruto e também alguma vinha.

Os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda, Castelo Branco e Coimbra estão sob aviso amarelo devido à previsão de aguaceiros, por vezes fortes, podendo ser de granizo e acompanhados de trovoada e rajadas de vento, em especial nas zonas montanhosas.

O aviso amarelo entrou em vigor às 12:00 e termina às 21:00 de hoje.

PLI // LIL

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

Cinco pessoas morrem por inalação de monóxido de carbono em Vila Real

Cinco pessoas morreram este domingo devido a uma intoxicação por inalação monóxido de carbono no concelho de Sabrosa, distrito de Vila Real, afirmou à agência Lusa fonte do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

Atualizado 18-11-2018 19:13

Casal de 30 anos esfaqueado por mulher junto a discoteca em Fafe

Um casal com cerca de 30 anos foi esfaqueado na madrugada deste domingo, junto a uma discoteca, em Fafe, por uma mulher da mesma idade, na sequência de uma discussão ocorrida dentro do estabelecimento, disse fonte policial.

GNR apreende armas em Amares a suspeito de 60 anos que terá ameaçado familiares

A Guarda Nacional Republicana (GNR) de Braga apreendeu diversas armas e munições durante uma busca domiciliária, em Amares, após um homem de 60 anos ter alegadamente ameaçado familiares com recurso a uma arma de fogo, foi este domingo anunciado.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.