Info

Trabalhadores do Infarmed voltam a rejeitar deslocalização para o Porto

Trabalhadores do Infarmed voltam a rejeitar deslocalização para o Porto
| País
Porto Canal com Lusa

A quase totalidade dos trabalhadores do Infarmed discorda da deslocalização da Autoridade do Medicamento de Lisboa para o Porto e apenas sete por cento estaria disponível para se mudar, segundo dados de um inquérito realizado hoje.

No inquérito, promovido pela comissão de trabalhadores do Infarmed e a cujos resultados a agência Lusa teve acesso, participaram 304 dos 356 trabalhadores da instituição, o que representa uma taxa de resposta superior a 85%.

Das respostas obtidas, 99% dos trabalhadores discorda da deslocalização do Infarmed para o Porto, uma decisão que o ministro da Saúde anunciou em novembro de 2017, surpreendendo a instituição e os seus trabalhadores, depois de ser conhecido que a candidatura do Porto a receber a sede da Agência Europeia do Medicamento não tinha sido vencedora.

Para a comissão de trabalhadores, os resultados do inquérito de hoje "vêm consolidar, meio ano depois e sem margem para dúvidas, a posição inicialmente tomada pelos colaboradores", que após o anúncio do ministro da Saúde se manifestaram contra a intenção de deslocalização num inquérito semelhante.

Segundo o inquérito realizado hoje, apenas 22 colaboradores (7,7%) manifestam disponibilidade para se mudar para a cidade do porto, com a larga maioria a rejeitar essa possibilidade.

À pergunta "Como avalia o impacto para a missão e desempenho do Infarmed de uma eventual mudança para a cidade do Porto?" 97% dos trabalhadores considera que é negativo, 2,3% consideram que não tem impacto e nenhum colaborador admite que possa ter impacto positivo.

O inquérito foi realizado de forma a preservar o anonimato dos colaboradores, através do depósito das respostas em urna.

No final deste mês deverá ser apresentado o relatório do grupo de trabalho nomeado pelo Governo para estudar o impacto e os cenários de deslocalização do Infarmed de Lisboa para o Porto.

+ notícias: País

Greve dos juízes afeta na quarta-feira tribunais em Almada, Aveiro, Coimbra, Évora, Lisboa e Porto

O primeiro dia de greve parcial dos juízes, agendado para quarta-feira, vai afetar o funcionamento de tribunais e secções em Almada, Aveiro, Coimbra, Évora, Lisboa e Porto, segundo a Associação Sindical dos Juízes Portugueses (ASJP).

Vespa asiática está a propagar-se pela região centro do país

A vespa asiática, ou vespa velutina, uma espécie invasora predadora das abelhas, está a propagar-se pela região centro do país, com ninhos identificados em todo o norte do distrito de Santarém, disse este sábado à Lusa o Comandante Operacional Distrital de Santarém (CDOS).

Morreu o general Loureiro dos Santos

O general José Loureiro dos Santos, antigo ministro da Defesa Nacional e ex-Chefe do Estado-Maior do Exército, morreu este sábado em Lisboa, aos 82 anos, vítima de doença, disse à agência Lusa fonte da família.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

Peça de teatro 'Do alto da...