Info

Bruxelas lança consulta pública para fixar pescas para 2019

| Economia
Porto Canal com Lusa

Bruxelas, 11 jun (Lusa) -- A Comissão Europeia lançou hoje uma consulta pública através da internet sobre a fixação das oportunidades de pesca para o próximo ano, quando a obrigação de desembarque de todo o peixe capturado entra totalmente em vigor.

"Muitos dos nossos 'stocks' (unidades populacionais) estão a regressar a níveis sustentáveis e 2019 será um ano crucial para atingirmos os nossos objetivos comuns", disse, em comunicado o comissário europeu para as Pescas, Karmenu Vella.

Para tal, salientou, todos os interessados têm que colaborar para que se mantenham altas as ambições para os oceanos, apelando à participação de pescadores, indústria, sociedade civil e autoridades nacionais na consulta.

A Comissão Europeia tem como objetivo chegar-se a um rendimento máximo sustentável (MSY, na sigla inglesa) das unidades populacionais até 2020.

Segundo Bruxelas, nas águas do norte e ocidentais tem havido progressos significativos no sentido da sustentabilidade das pescas, tendo os níveis de biomassa subido em média 39% de 2003 para 2016.

Em 2019, entra totalmente em vigor a obrigação de desembarque de todas as capturas, que a Comissão Europeia considera uma decisão chave no sentido da sustentabilidade.

IG // ATR

Lusa/fim

+ notícias: Economia

Vistos Gold: Investimento cai 5% em setembro para 37 milhões de euros

O investimento resultante da atribuição de vistos 'gold' caiu 5% em setembro, em termos homólogos, para 37 milhões de euros, e 19% face a agosto, de acordo com os dados estatísticos do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Carne de porco portuguesa duplica exportações ao iniciar vendas para a China em 2019

Os suinicultores portugueses têm "praticamente fechado" um acordo com a China, que lhes permite em 2019 duplicar as exportações e começar a crescer, três anos após a maior crise, anunciou esta terça-feira a Federação Portuguesa de Associações de Suinicultura (FPAS).

Maço de tabaco deve aumentar 10 cêntimos no próximo ano

O aumento do Imposto sobre o Tabaco (IT) previsto na proposta de Orçamento do Estado para 2019 (OE2019) pode significar uma subida de cerca de 10 cêntimos no maço de cigarros, segundo simulações feitas pela consultora Deloitte.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS