Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Acidente interrompe circulação do Metro do Porto entre estações de Gondomar

| Norte
Porto Canal com Lusa

A circulação do metro do Porto na Linha de Gondomar encontra-se cortada entre as estações de Campainha e Levada devido a um acidente ocorrido pelas 07:28, que não provocou feridos, disse o presidente da Câmara local.

Em declarações à Lusa, Marco Martins afirmou que o acidente ocorreu na rua da Lourinha, em Rio Tinto, quando um veículo ligeiro desrespeitou um sinal vermelho, embatendo numa composição do metro, que circulava no sentido Fânzeres (Gondomar)/Matosinhos.

“Devido ao impacto do embate, a composição descarrilou e ocupa as duas vias”, disse, acrescentando que se encontra no local uma equipa da EMEF [Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário] a proceder à remoção do veículo, o que se deverá prolongar até cerca das 11:00.

Contactada pela Lusa, fonte da Metro do Porto afirmou que o veículo embateu no conjunto de rodas da composição, provocando assim o descarrilamento.

“Foi pedida à Sociedade de Transportes Coletivos do Porto (STCP) um reforço do serviço naquela zona”, acrescentou a fonte.

O autarca de Gondomar disse ainda que o transbordo está a ser feito a pé pelos passageiros, num percurso de cerca de 1,5 quilómetros entre as duas estações.

De acordo com a página na internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil, no local encontram-se sete elementos, apoiados por dois “recursos técnicos terrestres”.

+ notícias: Norte

Metro do Porto admite possibilidade de encerramento de linhas a partir de domingo devido a greve

A Metro do Porto admitiu hoje que o encerramento de linhas continua "em cima da mesa" devido à greve dos trabalhadores da manutenção dos veículos, mas assegura a operação em toda a rede "até domingo".

Mas afinal, onde é que você estava no 25 de Abril?

                         

Dois pescadores assistidos na praia de Cortegaça depois de barco ter virado

Uma pequena embarcação de pesca virou esta manhã, ao largo da praia de Cortegaça, em Ovar, mas os dois tripulantes conseguiram chegar a nado até à zona de areia, onde foram assistidos, disse à Lusa fonte da Marinha.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.