Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Recuperação da economia italiana fortalece-se "no curto prazo"

| Economia
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 09 nov (Lusa) -- A economia italiana está a fortalecer-se "no curto prazo" e deverá crescer 1,5% este ano, suportada pelo reforço da procura externa e interna segundo as previsões de outono da Comissão Europeia hoje divulgadas.

Segundo Bruxelas, depois da subida deste ano e dos 0,9% de 2016, o crescimento da economia italiana deverá abrandar em 2018 (para os 1,3%) e 2019 (para os 1,0%).

As previsões indicam também uma descida sustentada da taxa de desemprego de 11,7%, a registada em 2016, para os 11,3% em 2017, 10,9% em 2018 e 10,5% em 2019.

Para a dívida pública em percentagem do PIB, a Comissão prevê uma ligeira subida dos 132,0%, registados em 2016, para os 132,1% em 2017 e depois um recuo, em 2018, para os 130,8% e 130,0% em 2019.

Quanto ao défice, Bruxelas prevê um agravamento dos 1,7%, observados em 2016, para os 2,1% em 2017, um ligeiro recuo para os 2,0% em 2018 e nova subida para os 2,4% em 2019.

ICO// ATR

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Viseu, Algarve e Madeira vão ter novos centros de inovação e tecnologia nos próximos meses

Viseu, Algarve e Madeira vão ter novos centros de inovação e tecnologia nos próximos meses. A novidade foi dada a conhecer no 2º aniversário da Altice Labs.

Sindicatos dizem que manifestação contra CTT conta com 2.000 pessoas, polícia aponta 1.500

Os sindicatos afetos aos CTT afirmam que estão cerca de 2.000 pessoas na manifestação contra a atual situação dos Correios, enquanto a polícia aponta para 1.500, disseram à Lusa os responsáveis no local.

Atualizado 24-02-2018 12:03

CTT afirmam que adesão à greve é de 16% e sem impacto no serviço aos clientes

Os CTT afirmaram esta sexta-feira que a adesão à greve é "de 16%" e que a rede de atendimento "mantém-se em funcionamento a 100%, com todas as cerca de 2.300 lojas" e postos "abertos de norte a sul do país e ilhas".

Atualizado 24-02-2018 12:05

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS