Info

Recuperação da economia italiana fortalece-se "no curto prazo"

| Economia
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 09 nov (Lusa) -- A economia italiana está a fortalecer-se "no curto prazo" e deverá crescer 1,5% este ano, suportada pelo reforço da procura externa e interna segundo as previsões de outono da Comissão Europeia hoje divulgadas.

Segundo Bruxelas, depois da subida deste ano e dos 0,9% de 2016, o crescimento da economia italiana deverá abrandar em 2018 (para os 1,3%) e 2019 (para os 1,0%).

As previsões indicam também uma descida sustentada da taxa de desemprego de 11,7%, a registada em 2016, para os 11,3% em 2017, 10,9% em 2018 e 10,5% em 2019.

Para a dívida pública em percentagem do PIB, a Comissão prevê uma ligeira subida dos 132,0%, registados em 2016, para os 132,1% em 2017 e depois um recuo, em 2018, para os 130,8% e 130,0% em 2019.

Quanto ao défice, Bruxelas prevê um agravamento dos 1,7%, observados em 2016, para os 2,1% em 2017, um ligeiro recuo para os 2,0% em 2018 e nova subida para os 2,4% em 2019.

ICO// ATR

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Trabalhadores dos supermercados em greve na véspera de Natal

O Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, Escritórios e Serviços de Portugal (CESP) lançou um pré-aviso de greve dos funcionários dos supermercados para o dia 24 de dezembro, véspera de Natal.

Vários comboios suprimidos no Natal e Ano Novo devido à baixa procura

Mais de duas dezenas de ligações ferroviárias, entre Intercidades e Alfa-Pendulares, serão suprimidas nos dias 24, 25 e 31 de dezembro e 01 de janeiro de 2019, à semelhança de anos anteriores, devido à fraca procura.

Trabalhadores dos CTT lançam petição para Estado entrar no capital social

Um grupo de trabalhadores dos CTT lançou este domingo uma petição a pedir a participação do Estado no capital social da empresa privada para defesa do Serviço Universal Público e a recolha de assinaturas decorre até 31 de dezembro.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.