Info

Paralisação dos enfermeiros com 86% de adesão no turno da noite

Paralisação dos enfermeiros com 86% de adesão no turno da noite
| País
Porto Canal com Lusa

A adesão à greve dos enfermeiros foi de 86% no turno da noite, disse o sindicalista José de Azevedo, salientando que na quinta-feira os níveis fixaram-se nos 92%, o melhor resultado desde o início da paralisação.

"Hoje estamos com 86% de adesão no que diz respeito ao turno da noite, que terminou hoje de manhã. Na quinta-feira, [quarto dia de greve], a adesão fixou-se nos 92%", o melhor resultado desde o início da paralisação, adiantou à agência Lusa o presidente dos Sindicato dos Enfermeiros (SE).

José de Azevedo disse "esperar que a adesão à greve venha a ser superior aos 86% nos próximos turnos devido à concentração de hoje junto à Assembleia da República, que vai contar com a participação de enfermeiros de todo o país.

No dia em que se comemoram os 38 anos da criação do Serviço Nacional de Saúde (SNS), os enfermeiros pretendem fazer chegar o protesto ao parlamento.

Desde o início da paralisação várias cirurgias programadas foram adiadas e muitas consultas canceladas.

Os enfermeiros reivindicam a introdução da categoria de especialista na carreira de enfermagem, com respetivo aumento salarial, bem como a aplicação do regime das 35 horas de trabalho para todos os enfermeiros, mas a Secretaria de Estado do Emprego considerou irregular a marcação desta greve, alegando que o pré-aviso não cumpriu os dez dias úteis que determina a lei.

Esta irregularidade da marcação determinada pelo Governo pode levar à marcação de faltas injustificadas aos enfermeiros que aderiram ao protesto.

O braço de ferro entre enfermeiros e Ministério da Saúde prolonga-se desde julho, com a reivindicação da integração da categoria de especialista na carreira.

Sobre a convocação pelo Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) de uma greve para 03, 04 e 05 de outubro, José de Azevedo disse à Lusa estar "disponível para o diálogo", adiantando que vai aguardar pela marcação de uma reunião.

A decisão do SEP foi tomada após uma nova reunião com o ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, que o sindicato considerou inconclusiva, apesar dos compromissos assumidos pela tutela sobre as 35 horas semanais de trabalho para todos os enfermeiros, a reposição das horas de qualidade e o aumento dos salários para os enfermeiros especialistas.

+ notícias: País

Operação Páscoa 2019 da GNR regista 438 acidentes nos dois primeiros dias

A Operação Páscoa 2019 da GNR registou nos dois primeiros dias um total de 438 acidentes, dos quais resultaram 10 feridos graves, segundo dados hoje divulgados pela força de segurança.

Morreram 129 pessoas em 2019 nas estradas, autoridades responsabilizam uso de telemóvel

A Secretaria de Estado da Proteção Civil informou hoje que morreram 129 pessoas nas estradas portuguesas, menos uma morte do que em período homólogo de 2018 e o telemóvel ao volante tem contribuído para aumento de vítimas.

Atualizado 20-04-2019 12:00

Caos nos postos de abastecimento de combustível acabou mas GLP continua em falta

Acabou o caos nos postos de abastecimento de combustível. Depois da greve de três dias dos motoristas de matérias perigosas, está tudo a voltar à normalidade com a gasolina e o gasóleo já garantidos na maior parte das bombas. Em falta está ainda o GPL.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS