Info

Prémio Pessoa: Frederico Lourenço ofereceu os grandes clássicos à língua portuguesa

| País
Porto Canal com Lusa

Sintra, 09 dez (Lusa) - O júri do Prémio Pessoa 2016 sublinhou hoje, em Sintra, que a atividade do escritor e filólogo Frederico Lourenço tem como "traço singular" ter oferecido "à língua portuguesa as grandes obras de literatura clássica".

Na conferência de imprensa do anúncio do galardoado desta 30.ª edição, no Palácio de Seteais, em Sintra, o presidente do júri, Francisco Pinto Balsemão, expôs as razões que levaram à escolha do académico de 53 anos, cuja obra também está ligada à música, à poesia e ao teatro.

O galardoado "constitui um exemplo de disciplina, capacidade de trabalho e lucidez intelectual no elevado plano dos estudos clássicos e humanísticos, parte fundamental da vida cultural e científica dos países desenvolvidos", salientou o presidente do júri, sobre a escolha.

Nos últimos vinte anos, Frederico Lourenço traduziu a "Ilíada" e a "Odisseia", de Homero, bem como duas tragédias de Eurípedes, "Hipólito" e "Íon".

AG // MAG

Lusa/Fim

+ notícias: País

Toda a costa portuguesa sob aviso amarelo devido à agitação marítima

Toda a costa portuguesa e a Madeira estão hoje sob aviso amarelo devido à previsão de agitação marítima forte, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Estudantes de Medicina querem explicações da Ministra da Saúde

Os estudantes de medicina vão enviar cartas à Ministra da Saúde a relatar os problemas que afetam os futuros médicos. O acesso à especialidade é um dos maiores problemas.

Morreu José Mário Branco

O músico José Mário Branco morreu aos 77 anos, disse hoje à agência Lusa o seu 'manager', Paulo Salgado. 

Atualizado 20-11-2019 12:07

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.