Info

Prémio Pessoa: Frederico Lourenço ofereceu os grandes clássicos à língua portuguesa

| País
Porto Canal com Lusa

Sintra, 09 dez (Lusa) - O júri do Prémio Pessoa 2016 sublinhou hoje, em Sintra, que a atividade do escritor e filólogo Frederico Lourenço tem como "traço singular" ter oferecido "à língua portuguesa as grandes obras de literatura clássica".

Na conferência de imprensa do anúncio do galardoado desta 30.ª edição, no Palácio de Seteais, em Sintra, o presidente do júri, Francisco Pinto Balsemão, expôs as razões que levaram à escolha do académico de 53 anos, cuja obra também está ligada à música, à poesia e ao teatro.

O galardoado "constitui um exemplo de disciplina, capacidade de trabalho e lucidez intelectual no elevado plano dos estudos clássicos e humanísticos, parte fundamental da vida cultural e científica dos países desenvolvidos", salientou o presidente do júri, sobre a escolha.

Nos últimos vinte anos, Frederico Lourenço traduziu a "Ilíada" e a "Odisseia", de Homero, bem como duas tragédias de Eurípedes, "Hipólito" e "Íon".

AG // MAG

Lusa/Fim

+ notícias: País

Portugal com mais quatro mortos e 425 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais quatro mortos relacionados com a covid-19 e 425 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Gripe: Vacina disponível a partir de hoje para populações prioritárias

A vacina da gripe está disponível a partir de hoje, começando a ser administrada nas faixas da população consideradas prioritárias, como os residentes em lares de idosos e grávidas, segundo a Direção-Geral da Saúde.

O que esperar do primeiro inverno da pandemia do Covid-19?

As temperaturas descem e aumentam as preocupações com o que acontecerá com a pandemia. Estas são algumas das respostas a perguntas que o primeiro inverno covid-19 pode suscitar:

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.