Devastador incêndio em prédio em Valência provoca pelo menos quatro mortos

Devastador incêndio em prédio em Valência provoca pelo menos quatro mortos
| Mundo
Porto Canal

Cerca de 450 vizinhos, divididos em 138 apartamentos, num edifício de 14 andares, foram esta quinta-feira afetados por um incêndio de enormes proporções no bairro de Campanar, em Valência, Espanha. O incidente terá provocado pelo menos quatro mortos e 14 feridos. 

O retrato foi traçado pelo subdirector geral de Emergências do governo regional de Valência, Jorge Suárez.

Duas pessoas que ficaram encurraladas numa varanda foram resgatadas com dificuldade, tendo sido vivido momentos de grande tensão.

"Há 13 pessoas feridas, seis delas são bombeiros. Continuamos em ação. O incêndio continua ativo. Será proporcionado alojamento para os afetados que precisem", referiram as autoridades valencianas. 

O incêndio começou no 4.º andar, num momento de vento forte em Valência, e alastrou-se a todo o prédio em menos de meia hora. A fachada do edifício residencial era revestida de poliuretano, um material altamente inflamável, que terá contribuído para a rápida propagação das chamas. 

No local foi montado um hospital de campanha, tendo sido ouvidas explosões no interior do prédio. Os destroços terão voado com a violência dos impactos, sendo que a intensa nuvem de fumo negro consegue ser vista a dezenas de quilómetros de distância.

Segundo vários relatos de moradores e proprietários, o edifício foi construído entre 2008 e 2010.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Porto Canal (@porto.canal)

+ notícias: Mundo

Homem ameaça fazer-se explodir no consulado do Irão em Paris

A polícia francesa cercou o consulado iraniano, esta sexta-feira, em Paris, depois de um homem ameaçar detonar explosivos presos ao corpo, segundo a agência Reuters.

Israel ataca posição militar no sul da Síria

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH) indicou que Israel atacou esta sexta-feira uma posição militar no sul da Síria, no mesmo dia em que foram registadas explosões no centro do Irão.

Ex-membro da máfia de Nova Iorque escreve livro dirigido a empresários

Lisboa, 06 mai (Lusa) -- Louis Ferrante, ex-membro do clã Gambino de Nova Iorque, disse à Lusa que o sistema bancário é violento e que escreveu um livro para "aconselhar" os empresários a "aprenderem com a máfia" a fazerem negócios mais eficazes.