Bairro do Bom Sucesso no Porto vai ter obras de reabilitação

Bairro do Bom Sucesso no Porto vai ter obras de reabilitação
Porto Canal
| Porto
Porto Canal / Agências

Os seis blocos do bairro do Bom Sucesso, no Porto, vão ser alvo de obras de reabilitação que deverão ascender os 6,8 milhões de euros, revelou a autarquia, que é proprietária de algumas frações.

Em resposta à agência Lusa, a Câmara do Porto esclareceu que a iniciativa de iniciar as obras de reabilitação foi “previamente deliberada em assembleia de condomínio”.

Situado na União de Freguesias de Lordelo do Ouro e Massarelos, o bairro do Bom Sucesso foi construído em 1958. Dos 128 fogos que constituem o bairro e que se distribuem por seis blocos, a Domus Social gere 84 e 44 foram alienados.

Para que fosse possível avançar com as obras de reabilitação, “tornou-se necessário constituir formalmente condomínio nos seis blocos do Bom Sucesso para que, posteriormente, fosse aprovada nas respetivas assembleias de condomínio”.

“As obras aprovadas são de grande reabilitação do edificado”, refere a autarquia, esclarecendo que os donos de obra serão os condomínios de cada um dos blocos em causa.

Os trabalhos passam pela reabilitação das coberturas, tratamento das fachadas (fissuras e execução de revestimento térmico), substituição da caixilharia existente e revisão das infraestruturas hidráulicas, eletricidade e telecomunicações das zonas comuns.

Segundo o município, não estão previstas obras no interior das habitações.

Os custos da empreitada e dos procedimentos de fiscalização são de aproximadamente 6,8 milhões de euros, segundo os orçamentos aprovados nas assembleias dos seis blocos.

Ao município do Porto caberá assegurar o pagamento das obras de requalificação correspondente ao valor das frações que integram o seu património, sendo que os proprietários assumirão o valor da sua permilagem.

A autarquia esclarece ainda que os proprietários podem recorrer ao programa 1.º Direito, “como, de resto, já alguns estão a fazer”.

À Lusa, a Câmara do Porto avançou ainda que o objetivo da empresa municipal Domus Social é “replicar esta solução noutros bairros municipais onde esta realidade de propriedade mista existe”.

Os bairros de Fernão Magalhães, Condominhas, Central de Francos e Bessa Leite são alguns dos exemplos onde existe propriedade mista.

+ notícias: Porto

Porto vai ter mais ruas com acesso condicionado a automóveis

O executivo municipal aprovou por maioria, na reunião desta segunda-feira, a aquisição de serviços para a manutenção do sistema de gestão das Zonas de Acesso Automóvel Condicionado (ZAAC) existentes. Mas vão ser criadas novas zonas.

Metrobus. Acesso da Avenida da Boavista à Rua António José da Costa vai estar interdito

Com a construção da primeira fase do traçado do metrobus, o acesso da Avenida da Boavista à Rua António José da Costa estará interdito a partir de terça-feira e até 12 de abril. Desta forma, os automobilistas que tencionem dirigir-se a esta artéria terão de seguir pelas ruas António Cardoso e António Patrício.

"Novo governo vai ter de assumir" futuro da Ponte Maria Pia, defende Eduardo Vítor Rodrigues

O presidente da Câmara de Vila Nova de Gaia alertou esta segunda-feira para a necessidade de o próximo governo acertar o futuro da antiga ponte ferroviária Maria Pia, cuja intervenção foi estimada em 15 milhões de euros.