Hospital de Guimarães regista maior tempo de espera no Norte para utentes urgentes

Hospital de Guimarães regista maior tempo de espera no Norte para utentes urgentes
Foto: CM Guimarães
| Norte
Porto Canal

O Hospital da Senhora da Oliveira, em Guimarães, é onde os utentes urgentes mais esperam no Norte de Portugal, neste domingo.

De acordo com dados do Serviço Nacional de Saúde (SNS), consultados pelo Porto Canal às 22h20, quem tem pulseira amarela tem um tempo médio de espera para atendimento de 3h20, mais do triplo do tempo recomendado pelo SNS. A essa hora havia 10 utentes em espera.

O ‘website’ do SNS, sobre os tempos médios de espera, registava à mesma hora que o Hospital de Famalicão (Centro Hospitalar do Médio Ave), tinha quatro utentes com um tempo médio de espera de 1h58.

De acordo com as recomendações do SNS, um utente urgente (pulseira amarela) não deverá esperar mais que 60 minutos para ser atendido.

No Porto, o Hospital São João tinha sete utentes urgentes, com um tempo médio de espera de 50 minutos. Já o Hospital de Santo António tinha também um tempo de espera médio de 50 minutos, havendo apenas um utente urgente.

Em Matosinhos, o Hospital Pedro Hispano registava três utentes com pulseira amarela com um tempo médio de espera de 1h04. Em Vila Nova de Gaia, o Hospital Santos Silva tinha um utente urgente, com um tempo de espera de 39 minutos, apontam os dados do SNS.

+ notícias: Norte

Matosinhos e CCDR-N querem abrir ao público Quinta de São Gens

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N) e a Câmara de Matosinhos querem abrir ao público a Casa e Quinta de São Gens, em Matosinhos, como um Parque de Natureza e Cultura, anunciaram esta quarta-feira.

Arouca abre concurso para apoiar comércio local na transição digital

O Município de Arouca tem mais de um milhão de euros para apoiar o comércio do centro da vila na transição digital, revelou esta terça-feira a autarquia, referindo que 184 estabelecimentos beneficiarão das estruturas previstas nessa medida.

Vai nascer laboratório de investigação no antigo Raf Park em Matosinhos

A Câmara de Matosinhos quer construir um laboratório de investigação ambiental e agrícola, no local onde estava situado o antigo Raf Park, em Santa Cruz do Bispo.