Candidatura de Pedro Nuno à liderança do PS afirma ter apoio de 79 dos 120 deputados

Candidatura de Pedro Nuno à liderança do PS afirma ter apoio de 79 dos 120 deputados
| Norte
Porto Canal/Agências

A candidatura de Pedro Nuno Santos ao cargo de secretário-geral do PS afirma ter o apoio de 79 dos 120 deputados socialistas, entre os quais os vice-presidentes da bancada Porfírio Silva, Pedro Delgado Alves e Rui Lage.

Na lista de deputados apoiantes enviada à agência Lusa por fonte da candidatura do ex-ministro das Infraestruturas e da Habitação consta também a secretária nacional do PS com o pelouro da administração, Vera Braz.

Dos 41 deputados restantes fora da lista de apoiantes, de acordo com a mesma fonte, parte deles ainda não manifestou qualquer posição entre as candidaturas do antigo líder da JS e do atual ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro.

Estão nesta situação, por exemplo, o líder parlamentar do PS, Eurico Brilhante Dias, que só falará sobre a corrida interna após a aprovação final do Orçamento do Estado para 2024, no próximo dia 29, assim como os presidentes das comissões de Negócios Estrangeiros e de Defesa Nacional, respetivamente Sérgio Sousa Pinto e Marcos Perestrello.

A ex-ministra da Saúde Marta Temido, presidente da concelhia do PS/Lisboa e apontada como candidata socialista à Câmara da capital nas próximas eleições autárquicas, também ainda não manifestou apoio a nenhum dos candidatos à sucessão de António Costa, cujas eleições estão marcadas para 15 e 16 de dezembro e congresso para 05, 06 e 07 de janeiro.

Nesta lista de apoiantes de Pedro Nuno Santos, estão Alexandra Leitão (Santarém), Alexandre Quintanilha (Porto), Ana Bernardo (Porto), Ana Isabel Santos (Setúbal), Anabela Rodrigues (Viana do Castelo), André Pinotes Batista (Setúbal), António Monteirinho (Guarda), António Pedro Faria (Porto), Bárbara Dias (Setúbal), Bruno Aragão (Aveiro), Carlos Brás (Porto), Carlos Pereira (Madeira), Clarisse Campos (Setúbal), Cláudia Santos (Aveiro), Cristina Mendes da Silva (Porto), Cristina Sousa (Guarda), Diogo Cunha (Braga), Diogo Leão (Lisboa) e Eduardo Alves (Portalegre).

Apoiam também o ex-ministro Eduardo Oliveira (Braga), Eurídice Pereira (Setúbal), Fernando José (Setúbal), Filipe Neto Brandão (Aveiro), Francisco César (Açores), Francisco Dinis (Santarém), Gil Costa (Setúbal), Gilberto Anjos (Braga), Hugo Carvalho (Porto), Hugo Costa (Santarém), Hugo Oliveira (Aveiro), Irene Costa (Braga), Isabel Moreira (Lisboa), Isabel Guerreiro (Faro), Ivan Gonçalves (Setúbal), Joana Lima (Porto), Joana Sá Pereira (Aveiro), João Azevedo Castro (Açores), João Paulo Rebelo (Viseu), João Torres (secretário-geral adjunto do PS) e Jorge Botelho (Faro).

Na lista estão igualmente os nomes de Jorge Gabriel Martins (Leiria), José Carlos Alexandrino (Coimbra), José Carlos Barbosa (Porto), José Rui Cruz (Viseu), Lúcia Araújo da Silva (Viseu), Luís Graça (Faro), Mara Lagriminha Coelho (Santarém), Maria Begonha (Lisboa), Maria João Castro (Porto), Miguel Cabrita (Lisboa), Miguel dos Santos Rodrigues (Porto), Miguel Iglésias (Madeira), Miguel Matos (líder da JS, Lisboa), Nathalie Oliveira (Europa), Nelson Brito (Beja), Patrícia Faro (Porto), Paulo Araújo Correia (Porto), Paulo Marques (Lisboa), Pedro Anastácio (Lisboa), Pedro Coimbra (Coimbra) e Raquel Ferreira (Coimbra).

Pedro Nuno Santos, deputado eleito por Aveiro, tem ainda os apoios de Ricardo Lima (Lisboa), Ricardo Lino (Coimbra), Ricardo Pinheiro (Portalegre), Rita Borges Madeira (Lisboa), Rosário Gamboa (Porto), Salvador Formiga (Leiria), Sara Velez (Leiria), Sofia Andrade (Porto), Susana Barroso (Vila Real), Susana Correia (Aveiro), Tiago Barbosa Ribeiro (Porto), Tiago Estevão Martins (Coimbra) e Tiago Soares Monteiro (Castelo Branco).

+ notícias: Norte

Gaia vai divulgar denúncias de más práticas nas reuniões do executivo

As denúncias que cheguem ao município de Vila Nova de Gaia, mesmo as anónimas, sobre a gestão da autarquia passam a partir desta segunda-feira a ser levadas a reunião de câmara, anunciou o presidente do executivo.

Guimarães quer criar polo tecnológico no setor espacial 

A cidade de Guimarães vai implementar um plano estratégico para a criação de um ‘Space Hub’, um polo tecnológico que visa a promoção do setor espacial, nomeadamente das tecnologias relacionadas com o ‘Novo Espaço’ (New Space).

Ribau Esteves satisfeito com lota mas quer transferência sem custos

O presidente da Câmara de Aveiro elogiou o ministro das Finanças, esta segunda-feira, por ter “desbloqueado” a transferência para o município da antiga lota, mas anunciou que vai tentar junto do próximo Governo que seja feita sem custos.