Centeno recebe convite para chefiar o Governo. As declarações à imprensa estrangeira

Centeno recebe convite para chefiar o Governo. As declarações à imprensa estrangeira
| Política
Porto Canal

O governador do Banco de Portugal falou, pela primeira vez, este domingo, ao Financial Times e confirmou que recebeu um convite do Presidente da República para chefiar o Governo.

Numa altura em que Mário Centeno está prestes a enfrentar uma análise de conduta por parte da comissão de ética do Banco de Portugal, faz as primeiras declarações à publicação britânica sobre a polémica chamada para ocupar o lugar de chefe do Governo.

"Recebi um convite do Presidente e do primeiro-ministro para refletir e considerar a possibilidade de liderar o governo", disse, acrescentando que "estava muito longe de chegar a uma decisão", afirmou Centeno e acrescenta que “estava muito longe de chegar a uma decisão”.

As declarações do governador do banco de Portugal surgem após o primeiro-ministro ter revelado que terá sugerido o nome de Mário Centeno para o seu lugar, sugestão que terá merecido concordância de Marcelo Rebelo de Sousa.

+ notícias: Política

Mortágua critica discurso de Costa. "Maioria absoluta acabou e PS não se deu conta"

A coordenadora do BE, Mariana Mortágua, concluiu este sábado, após ouvir o discurso de António Costa, que “a maioria absoluta acabou e o PS não se deu conta”, pedindo aos socialistas menos arrogância e soberba e mais soluções e humildade.

"Padre estagiário" e "comentador de futebol de extrema-direita". Financial Times analisa crescimento do Chega em Portugal

O jornal britânico Financial Times publicou, esta sexta-feira, um artigo sobre o líder do Chega, André Ventura, intitulando-o de “padre estagiário” e “ex-comentador de futebol de extrema direita”.

AD garante que tempo e mérito vão contar para progressão de carreira dos professores

O presidente do PSD assegurou este domingo a um professor e dirigente sindical que, com a Aliança Democrática (AD), tanto o tempo como o mérito contarão para a progressão na carreira, e garantiu que "isso é indiscutível".