Ministro da Defesa russo mostra a Kim aviões estratégicos e mísseis hipersónicos Kinzhal

Ministro da Defesa russo mostra a Kim aviões estratégicos e mísseis hipersónicos Kinzhal
| Mundo
Porto Canal / Agências

O ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, mostrou hoje ao líder norte-coreano, Kim Jong-un, três aviões estratégicos russos e mísseis hipersónicos Kinzhal instalados num caça MiG-31I.

Moscovo, 16 set 2023 (Lusa) - O ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, mostrou hoje ao líder norte-coreano, Kim Jong-un, três aviões estratégicos russos e mísseis hipersónicos Kinzhal instalados num caça MiG-31I.

A demonstração teve lugar durante a visita do dirigente norte-coreano ao aeródromo de Knevichi, em Primorye, no extremo oriente russo, segundo um comunicado do Ministério da Defesa da Rússia.

Em Knevichi, Kim observou os bombardeiros estratégicos Tu-160, Tu-95MS e Tu-22M3. Os três aviões fazem parte da componente aérea das forças nucleares estratégicas russas, informou o mesmo departamento governamental.

Os militares russos também mostraram a Kim o caça MiG-31I, equipado com um míssil hipersónico Kinzhal.

Segundo Moscovo, trata-se de um equipamento aéreo "sem equivalentes no mundo" que provou a sua eficácia.

Kim e Shoigu inspecionaram, além disso, a fragata "Marshal Shaposhchhnikov", que se encontra em Vladivostok, referiu outro comunicado militar.

O Presidente russo e o líder norte-coreano encontraram-se na quarta-feira em Vostotchny, a cerca de oito mil quilómetros este de Moscovo.

Kim convidou Putin a visitar a Coreia do Norte num futuro próximo, mas não foi assinado qualquer acordo entre os dois países, disse, na sexta-feira, o porta-voz da presidência russa, Dmitri Peskov.

Os Estados Unidos disseram suspeitar que a Rússia quer comprar armas a Pyongyang para usar na guerra contra a Ucrânia, enquanto a Coreia do Norte quer adquirir tecnologias para os programas nuclear e de mísseis.

Washington advertiu Pyongyang de que sofrerá consequências se contribuir para o esforço de guerra da Rússia na Ucrânia.

CAD (PNG) // CAD

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Líderes do G7 condenam unanimemente "ataque sem precedentes" do Irão a Israel

Os líderes do G7, o grupo dos países mais ricos do mundo, “condenaram unanimemente o ataque sem precedentes do Irão a Israel”, afirmou este domingo o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, no final da reunião.

Ex-membro da máfia de Nova Iorque escreve livro dirigido a empresários

Lisboa, 06 mai (Lusa) -- Louis Ferrante, ex-membro do clã Gambino de Nova Iorque, disse à Lusa que o sistema bancário é violento e que escreveu um livro para "aconselhar" os empresários a "aprenderem com a máfia" a fazerem negócios mais eficazes.

Secretário-geral das Nações Unidas visita Moçambique de 20 a 22 de maio

Maputo, 06 mai (Lusa) - O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, vai visitar Moçambique de 20 a 22 de maio, a primeira ao país desde que assumiu o cargo, em 2007, anunciou o representante do PNUD em Moçambique, Matthias Naab.