Camisola com ovelha negra usada pela princesa Diana leiloada por um milhão de euros

Camisola com ovelha negra usada pela princesa Diana leiloada por um milhão de euros
REUTERS/Rachel Adams
| Mundo
Porto Canal/Agências

Uma camisola de lã vermelha com uma ovelha negra, que a princesa Diana utilizou em 1981, foi leiloada esta quinta-feira por cerca de um milhão de euros, um novo recorde para venda de roupa que pertenceu a ‘Lady Di’.

Esta peça de roupa também se tornou a mais valiosa em leilão, confirmou à agência Efe a casa de leilões Sotheby's, que realizou a venda. A princesa Diana de Gales utilizou esta camisola numa partida de polo do príncipe Charles em junho de 1981, um mês antes do casamento.

A peça da marca britânica Warm & Wonderful atingiu um total de 44 licitações, o que acabou por multiplicar o seu preço final, estimado em 80 mil dólares (cerca de 75 mil euros), por 14. O leilão esteve ativo entre 31 de agosto a 14 de setembro.

Também esta quinta-feira, um vestido preto e branco da princesa de Gales, desenhado por Murray Arbeid, que foi utilizado pela ‘Lady Di’ em duas ocasiões, em 1985, foi vendido por 380 mil dólares (cerca de 357 mil euros).

A primeira utilização foi para comemorar o 21.º aniversário do príncipe Edward no Baile da Noite de Verão, em junho, e depois no banquete da Worshipfull Company of Fanmakers, em dezembro.

Em janeiro, a Sotheby's leiloou o vestido de baile de veludo roxo "estilo Infanta", desenhado por Victor Edelstein, por 604.800 dólares (cerca de 568.000 euros).

Diana morreu em Paris em 1997, aos 36 anos, quando o carro em que seguia com o namorado, Dodi Al-Fayed, e o motorista, embateu num pilar de cimento do túnel por onde passava quando estava a ser perseguido por fotógrafos em carros e motas.

Um inquérito judicial britânico concluiu que o acidente foi um resultado da conduta negligente dos veículos perseguidores e da elevada taxa de alcoolemia do motorista.

O leilão também incluiu o vestido usado por Kate Winslet durante os Óscares de 1998, quando foi nomeada para o prémio de melhor atriz por seu papel no filme Titanic, e um vestido usado pela ex-primeira-dama dos Estados Unidos Michelle Obama, durante uma evento de beneficência, entre outras roupas.

O primeiro foi leiloado por 12.700 dólares (cerca de 12.000 euros) e o segundo por 9.525 dólares (cerca de 8.950 euros).

+ notícias: Mundo

Líderes do G7 condenam unanimemente "ataque sem precedentes" do Irão a Israel

Os líderes do G7, o grupo dos países mais ricos do mundo, “condenaram unanimemente o ataque sem precedentes do Irão a Israel”, afirmou este domingo o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, no final da reunião.

Ex-membro da máfia de Nova Iorque escreve livro dirigido a empresários

Lisboa, 06 mai (Lusa) -- Louis Ferrante, ex-membro do clã Gambino de Nova Iorque, disse à Lusa que o sistema bancário é violento e que escreveu um livro para "aconselhar" os empresários a "aprenderem com a máfia" a fazerem negócios mais eficazes.

Secretário-geral das Nações Unidas visita Moçambique de 20 a 22 de maio

Maputo, 06 mai (Lusa) - O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, vai visitar Moçambique de 20 a 22 de maio, a primeira ao país desde que assumiu o cargo, em 2007, anunciou o representante do PNUD em Moçambique, Matthias Naab.