Comerciantes vêem os negócios afetados pelas obras da Metro na zona do Jardim do Carregal 

| Porto
Porto Canal

Começou uma nova fase das obras da linha rosa do metro, na zona do Jardim do Carregal, no Porto. Devido à empreitada, os comerciantes já enfrentam dificuldades há dois anos.
Agora, deparam-se com um novo constrangimento: as limitações no acesso pedonal ao Hospital de Santo António, do qual dependem para sobreviver.

Os comerciantes já registam algumas diferença na faturação, uma vez que os seus principais clientes são os pacientes e trabalhadores do hospital.

Face a este cenário, pedem apoio e novas soluções à metro do Porto, mas argumentam que as respostas são escassas.

Para além dos comerciantes, também ha moradores que vêem as suas vidas prejudicadas por conta da obra.

A nova etapa da empreitada começou esta segunda-feira e prevê-se que tenha a duração de um ano.

+ notícias: Porto

Um ano depois do novo regulamento, Movida continua a não dar descanso aos moradores da Baixa do Porto

“Eles ficam com o dinheiro, e nós ficamos com o barulho”. O desabafo de Paula Amorim perdura há mais de 15 anos, altura em que a vida noturna começou a crescer na Baixa do Porto. A moradora, juntamente com outra, Sara Gonçalves, tem sido o rosto de uma luta que parece não ter fim, nem com um novo regulamento lançado há um ano: “Não desisto porque tenho direito ao descanso”. Câmara admite rever regras.

Porto vai ter mais ruas com acesso condicionado a automóveis

O executivo municipal aprovou por maioria, na reunião desta segunda-feira, a aquisição de serviços para a manutenção do sistema de gestão das Zonas de Acesso Automóvel Condicionado (ZAAC) existentes. Mas vão ser criadas novas zonas.

Metrobus. Acesso da Avenida da Boavista à Rua António José da Costa vai estar interdito

Com a construção da primeira fase do traçado do metrobus, o acesso da Avenida da Boavista à Rua António José da Costa estará interdito a partir de terça-feira e até 12 de abril. Desta forma, os automobilistas que tencionem dirigir-se a esta artéria terão de seguir pelas ruas António Cardoso e António Patrício.