Iniciativa Liberal considera frouxa a proposta de desagravamento fiscal do PSD

Iniciativa Liberal considera frouxa a proposta de desagravamento fiscal do PSD
Lusa
| Economia
Porto Canal/Agências

O presidente da Iniciativa Liberal classificou esta quarta-feira como "proposta frouxa" a reforma fiscal apresentada pelo PSD, defendendo que tanto as intenções dos sociais-democratas como dos socialistas ficam "muito aquém" do que seria necessário para "revitalizar a economia do país".

"A ideia com que fico é que estamos a falar de uma liga dos últimos do desagravamento fiscal porque aquilo que se conhece das intenções, quer do PS, quer do PSD, são intenções que ficam muito aquém daquilo que seria necessário para revitalizar a economia do país", afirmou o presidente da IL.

Numa conferência de imprensa na sede do partido no Porto, Rui Rocha classificou como "frouxa" a proposta de reforma fiscal apresentada pelo PSD.

"O PSD, relativamente a 2023, propõe que se cumpra o orçamento do Governo. Parece-nos pouco, francamente, uma proposta frouxa", afirmou, acrescentando que as ideias do PSD vão "no bom caminho", mas não vão ser transformadoras.

Questionado sobre as criticas do PS às ideias de fiscalidade do PSD, classificadas de "verdadeira cambalhota política", Rui Rocha considerou que os socialistas não têm "nenhuma autoridade fiscal para criticar seja quem for em matéria de impostos".

"O PS quando diz que o PSD deu uma cambalhota é uma desculpa de mau pagador do PS. Sabemos que foi o PS que colocou o país em níveis de carga fiscal recorde. O PS tem má consciência relativamente à questão dos impostos e tem cobrado excessivamente", observou.

O líder dos liberais disse ainda que a IL responderá "com mais ambição" aquele que considerou o "leilão que está a ser feito em matéria de IRS entre PS e PSD".

"A Iniciativa Liberal tem uma ambição muito maior porque queremos estar ao lado dos portugueses que têm ambição de crescer e pelo seu trabalho subir na vida, e para isso é preciso um sinal muito mais poderoso de desagravamento no IRS do que aquele tem sido prometido quer pelo PSD, quer PS", afirmou, defendendo ser também "dar um sinal muito importante" aos pequenos empresários e trabalhadores independentes.

Rui Rocha destacou ainda que, na discussão do Orçamento de Estado para 2024, a IL vai ser "muito mais ambiciosa" e propor uma "redução de impostos para todos".

"O nosso desagravamento será para todos e de liga dos campeões do desagravamento fiscal e não desta liga dos últimos a que temos assistido", acrescentou, esclarecendo que o partido vai reforçar a proposta apresentada o ano passado.

+ notícias: Economia

Preço dos combustíveis segue direções opostas 

Depois de várias semanas consecutivas de descida, o preço dos combustíveis vai sofrer ligeira alterações, a partir desta segunda-feira. 

Semana arranca com sobe e desce nos preços dos combustíveis. Saiba onde é mais barato abastecer no Porto

Os preços dos combustíveis sofreram atualizações em sentidos inversos no início desta semana. O preço do litro de gasóleo a aumenta esta segunda-feira, já a gasolina regista descidas no valor a pagar.

Bruxelas elogia cortes "permanentes de despesa" anunciados pelo Governo

A Comissão Europeia saudou hoje o facto de as medidas anunciadas pelo primeiro-ministro se basearem em "reduções permanentes de despesa" e destacou a importância de existir um "forte compromisso" do Governo na concretização do programa de ajustamento.