JMJ. Morreu peregrina francesa que sofreu acidente

JMJ. Morreu peregrina francesa que sofreu acidente
Foto: JMJ Lisboa 2023
| País
Porto Canal / Agências

A peregrina francesa que sofreu um acidente no local onde estava acolhida para participar na Jornada Mundial da Juventude (JMJ) morreu e o Papa celebrou esta quinta-feira uma missa na Nunciatura Apostólica, em Lisboa, onde estiveram presentes familiares da vítima, anunciou a sala de imprensa da Santa Sé.

"O Papa Francisco celebrou esta manhã, na Nunciatura, onde estiveram presentes quatro familiares de uma mulher francesa, animadora de catequese, de 62 anos, que veio a Lisboa, para a JMJ e que morreu nos últimos dias na sequência de um acidente na casa onde estava hospedada", revelou a mesma fonte.

Na terça-feira, a porta-voz da Fundação JMJ, Rosa Pedroso Lima, afirmou que uma peregrina francesa, que estava em Portugal para participar neste evento, sofreu um acidente no local onde estava acolhida e teve de ser hospitalizada.

“Juntamente com as entidades de saúde, a organização está a acompanhar a evolução da situação clínica desta peregrina que está hospitalizada”, sublinhou na ocasião a porta-voz, informando que a situação era delicada, motivo pelo qual a organização não iria prestar mais informações.

Mais de um milhão de pessoas são esperadas em Lisboa até domingo para a JMJ, considerado o maior acontecimento da Igreja Católica, a que preside o Papa Francisco.

O Papa, o primeiro peregrino a inscrever-se na JMJ, chegou a Lisboa na manhã de quarta-feira, tendo prevista uma visita de duas horas ao Santuário de Fátima no sábado para rezar pela paz e pelo fim da guerra na Ucrânia.

+ notícias: País

Já é conhecida a chave do Eurodreams desta segunda-feira

Já é conhecida a chave do Eurodreams desta segunda-feira.

EuroDreams. Terceiro prémio 'sorriu' a 33 apostadores portugueses

Foram 33 os apostadores portugueses que foram agraciados com o terceiro prémio do EuroDreams, no valor de 88,03 euros cada.

Urgência Pediátrica de Viseu fecha em alguns períodos a partir de sexta-feira

A Urgência Pediátrica da Unidade Local de Saúde Viseu Dão-Lafões (ULSVDL) vai estar encerrada durante alguns períodos a partir de sexta-feira devido à falta de médicos pediatras, anunciou hoje a instituição.