Dois anos e meio depois do encerramento, ex-trabalhadores da Refinaria de Matosinhos continuam sem respostas

| Norte
Porto Canal

Dois anos depois do encerramento definitivo da refinaria de Matosinhos a maioria dos trabalhadores continua com a vida em suspenso. A maior parte está ainda desempregada e as soluções apresentadas não chegam para todos. De recordar que, logo depois da Galp ter decidido concentrar as operações em Sines, foi criado um fundo de transição justa para financiar o futuro dos antigos trabalhadores. 

O Ministro do Ambiente diz que estão a ser programadas ações de formação profissional para 55 ex-trabalhadores da refinaria de Matosinhos , que estão a viver do subsídio de desemprego.

A Galp desligou a última unidade de produção da refinaria de Matosinhos a 30 de abril de 2021, na sequência da decisão de concentrar as operações em Sines e depois do encerramento em dezembro de 2020, ainda há muitos funcionários com futuro indefinido.

+ notícias: Norte

Guimarães quer criar polo tecnológico no setor espacial 

A cidade de Guimarães vai implementar um plano estratégico para a criação de um ‘Space Hub’, um polo tecnológico que visa a promoção do setor espacial, nomeadamente das tecnologias relacionadas com o ‘Novo Espaço’ (New Space).

Ribau Esteves satisfeito com lota mas quer transferência sem custos

O presidente da Câmara de Aveiro elogiou o ministro das Finanças, esta segunda-feira, por ter “desbloqueado” a transferência para o município da antiga lota, mas anunciou que vai tentar junto do próximo Governo que seja feita sem custos.

A28 reabre nove horas após acidente em Vila do Conde

A Autoestrada A28 reabriu ao trânsito pelas 16h00 no sentido Porto - Viana do Castelo, após ter estado praticamente nove horas cortada devido a um acidente de um camião que transportava automóveis, confirmou fonte oficial da GNR à Lusa.