Info

Juros da dívida de Portugal a descer e a dois anos para mínimos de sempre

| Economia
Fonte: Agência Lusa

Lisboa, 28 jul (Lusa) -- Os juros da dívida de Portugal estavam hoje a descer em todos os prazos em relação ao encerramento de sexta-feira e a dois anos para mínimos de sempre.

Cerca das 08:35 de hoje, os juros a dois anos estavam a descer para 0,785%, um mínimo de sempre, depois de terem terminado a 0,794% na sexta-feira.

A dez anos, os juros da dívida portuguesa também estavam a cair, para 3,605%, contra 3,640% no encerramento de sexta-feira e depois de terem descido até aos 3,323% a 11 de junho, um mínimo desde outubro de 2005.

No prazo a cinco anos, os juros estavam a descer para 2,202%, abaixo dos 2,5%, depois de terem terminado a 2,245% na sexta-feira e descido até ao mínimo de sempre (2,102%), a 09 de junho.

A 17 de maio, Portugal abandonou oficialmente o resgate sem qualquer programa cautelar.

O programa de ajustamento solicitado à 'troika' (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional), no valor de 78 mil milhões de euros, esteve em vigor cerca de três anos.

Na reunião mensal de julho, o Conselho de Governadores do BCE deixou inalteradas as medidas de política monetária anunciadas em junho.

A 05 de junho, o BCE tinha cortado a taxa de juro diretora em 0,10 pontos percentuais para o novo mínimo histórico de 0,15% e anunciou a realização de duas injeções de liquidez de longo prazo (quatro anos), em setembro e dezembro deste ano, no valor de 400 mil milhões de euros, destinadas a serem emprestadas pela banca a empresas e famílias.

Os juros da dívida soberana da Irlanda estavam hoje a descer em todos os prazos. Dublin terminou oficialmente, a 15 de dezembro passado, o programa de ajustamento solicitado em 2010 à 'troika', no valor de 85 mil milhões de euros.

Os juros de Itália estavam a subir a dois e cinco anos e a descer a dez anos, enquanto os de Espanha estavam a subir a dois anos e a descer nos prazos mais longos.

Em relação aos juros da Grécia a cinco e dez anos, os únicos prazos disponíveis daquele país, estes estavam a descer.

Juros da dívida soberana em Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Espanha cerca das 08:35:

2 anos... 5 anos... 10 anos

Portugal

28/07..... 0,785......2,202....3,605

25/07..... 0,794......2,245....3,640

Grécia

28/07..... n disp.....4,078....5,899

25/07..... n disp.....4,081....5,923

Irlanda

28/07......0,085......0,820....2,241

25/07......0,097......0,833....2,244

Itália

28/07......0,462......1,241......2,714

25/07......0,451......1,239....2,714

Espanha

28/07......0,301......1,092....2,534

25/07......0,298......1,110....2,541

Fonte: Bloomberg Valores de 'bid' (juros exigidos pelos investidores para comprarem dívida) que compara com fecho da última sessão.

MC // JPF

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Governo aponta para aumento de mais oito mil estudantes bolseiros no superior

O valor das bolsas dos alunos do ensino superior aumentou e deverá haver mais oito mil bolseiros do que no ano passado, porque as regras são mais abrangentes e o processo está simplificado, anunciou a tutela.

Portugal no 'top' 20 dos maiores produtores mundiais de calçado

Portugal surge no 'top' 20 dos maiores produtores de calçado, um "grupo restrito" onde, da Europa apenas constam mais Itália e Espanha, num setor em que 87,4% da produção mundial vem da Ásia, respondendo a China por 55,5%.

Norte de Portugal e Galiza querem apoios comunitários investidos nas PME

Presidentes de câmara da Galiza e Norte de Portugal defenderam hoje, por unanimidade, que os fundos comunitários disponibilizados para a recuperação da crise pandémica devem ser aplicados nos setores produtivos da eurorregião.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.