Há escolas sem material para a realização das provas de aferição de Educação Física 

Há escolas sem material para a realização das provas de aferição de Educação Física 
| País
Porto Canal

O prazo para as escolas realizarem as provas de aferição de Educação Física e Educação Artística dos alunos do 2ºano começa esta terça-feira e termina no dia 11 de maio. Filinto Lima e Manuel Pereira, presidentes das Associações de Diretores afirmam que existem escolas que não têm todo o material necessário para a realização da avaliação de Educação Física e que nessas situações os alunos não realizam os exercícos pedidos. "As provas também servem para aferir as condições em que as escolas trabalham", avançam os presidentes ao Jornal de Notícias. 

"As escolas não vão inventar", comenta o presidente da Associação Nacional de Diretores (ANDAEP) ao mesmo Jornal. Filinto Lima garante que desde o começo da aplicação destas provas no ano de 2017, os estabelecimentos de ensino estão "bem mais apretechadas". O mesmo afirma que já existem bancos suecos e patins, mas ainda faltam plintos e espaldares.

"Houve uma grande evolução", contudo há autarquias que permanecem com dificuldades ou pouca vontade em investirem recorremente nas escolas, acrescenta. Logo, assegura que existem escolas com escassez de material. 

Segundo o JN, há muitos centros escolares do 1º Ciclo, nomeadamente no interior do país, sem pavilhão ou pólos desportivos para a correta e contínua prática de Educação Física. Além disso, há equipamentos que são cedidos temporariamente pela escola sede às de 1º Ciclo, mas também salas e espaços que são transformados em ginásios.

Há ainda casos em que são "improvisadas" alternativas aos materiais soliciados na lista. Em ocasiões que não é psossível solucionar o problema, os alunos não realizam os exercícios. E "no dia seguinte vollta tudo à estaca zero", reconhece Manuel Pereira, presidente da Associação Nacional de Dirigentes Escolares (ANDE) ao Jornal de Notícias. 

+ notícias: País

Já é conhecida a chave do Eurodreams desta segunda-feira

Já é conhecida a chave do Eurodreams desta segunda-feira.

EuroDreams. Terceiro prémio 'sorriu' a 33 apostadores portugueses

Foram 33 os apostadores portugueses que foram agraciados com o terceiro prémio do EuroDreams, no valor de 88,03 euros cada.

Urgência Pediátrica de Viseu fecha em alguns períodos a partir de sexta-feira

A Urgência Pediátrica da Unidade Local de Saúde Viseu Dão-Lafões (ULSVDL) vai estar encerrada durante alguns períodos a partir de sexta-feira devido à falta de médicos pediatras, anunciou hoje a instituição.