Ana Abrunhosa contrária à vontade do Ministério da Cultura, quer poder de gestão dos museus nos municípios

| Norte
Porto Canal

A gestão do património cultural tem gerado visões diferentes dentro do Governo. A ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, crê que a gestão dos municípios deve ser outra. Tendo em conta o processo de descentralização, a ministra quer que os museus sejam geridos pelos municípios o que contraia a vontade do Ministério da Cultura.

“Sou da opinião de que os museus devem passar para os municípios”, disse Ana Abrunhosa ao Porto Cana este sábado.

Tal como já é conhecido, o Ministério de Pedro Adão e Silva quer passar a tutela de sete museus do Norte para a Direção Geral do Património, em Lisboa, mas Ana Abrunhosa frisou que “é muito importante o envolvimento das autarquias ao máximo naquilo que possam ser o seu envolvimento”.

“Os museus que estão sob a responsabilidade direta das direções regionais de cultura são museus que não são nacionais, nem património da Humanidade e, portanto, são museus de carácter municipal e de carácter regional”, acrescentou a ministra da Coesão Territorial.

Ao Porto Canal, Ana Abrunhosa voltou a vincar a sua posição e alertou para a possibilidade de esses museus também terem uma “gestão partilhada”. “Acho que tínhamos maiores ganhos nisso visto que estamos a falar de descentralização”, afirmou.

O Ministério da Cultura já tinha confirmado ao Porto Canal que decorrem transformações na gestão do património cultural português e admitiu que, por isso, a descentralização de poderes sai afetada.

No entanto, Ana Abrunhosa contou que vai “aguardar” para perceber qual o modelo de operacionalização que vai ser colocado em prática.

Os museus em causa estão localizados em Bragança, Braga, Lamego, Guimarães e Miranda do Douro e estão, atualmente, sob a tutela da Direção Regional de Cultura do Norte.

 

+ notícias: Norte

Matosinhos e CCDR-N querem abrir ao público Quinta de São Gens

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N) e a Câmara de Matosinhos querem abrir ao público a Casa e Quinta de São Gens, em Matosinhos, como um Parque de Natureza e Cultura, anunciaram esta quarta-feira.

Detido suspeito de incendiar casas de vizinhos e tentativa de homicídio em Santo Tirso

A Policia Judiciária (PJ) deteve um homem de 33 anos suspeito de incendiar casas de familiares e vizinhos em Santo Tirso, de detenção de arma proibida, tentativa de homicídio e dano e coação na forma tentada, foi esta terça-feira anunciado.

Menino de quatro anos esquecido no interior de viatura de transporte escolar em Fafe

Um menino, de 4 anos, ficou esquecido durante a manhã desta terça-feira no interior da viatura de transporte escolar que o deveria ter deixado numa escola do concelho de Fafe, distrito de Braga, segundo fonte da GNR.