Marcelo Rebelo de Sousa já deu posse aos seis novos secretários de Estado

| Política
Porto Canal / Agências

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, já deu posse aos seis novos secretários de Estado que se juntaram ao Governo de António Costa. A cerimónia teve lugar no Palácio de Belém, em Lisboa.

António Mendonça Mendes, que era secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, foi o primeiro a ser empossado. Deixou o ministério de Fernando Medina e vai ser secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro, depois da demissão polémica de Miguel Alves.

Na esfera do Ministério das Finanças, João Nuno Mendes passa agora a assumir funções como secretário de Estado das Finanças. Até esta quinta-feira era secretário de Estado do Tesouro.

Alexandra Reis, uma novidade neste executivo, por sua vez, substitui João Nuno Mendes como secretária de Estado do Tesouro.

Nuno Félix substitui António Mendonça Mendes e é o novo secretário de Estado dos Assuntos Fiscais.

A equipa de Fernando Medina passa a ter quatro secretários de Estado, mantendo-se Sofia Batalha como secretária de Estado do Orçamento.

Depois da exoneração dos dois secretários de Estado sob a alçada do Ministério da Economia, António Costa Silva passa agora a contar com Pedro Cilínio como secretário de Estado da Economia, substituindo João Neves, e Nuno Fazenda com o Turismo, Comércio e Serviços, em substituição de Rita Marques.

A tomada de posse teve início poucos minutos depois das 12h00 e durou menos de 10 minutos, com os habituais cumprimentos no final de Marcelo Rebelo de Sousa e de António Costa aos empossados.

+ notícias: Política

Aprovada comissão de inquérito à TAP 

A proposta do BE para constituir uma comissão de inquérito à tutela política da gestão da TAP foi esta sexta-feira aprovada no parlamento, contando com a abstenção do PS e PCP e os votos a favor dos restantes.

Parlamento vive mais um momento de tensão. Chega ergue cartazes contra Catarina Martins e acaba criticado

Depois da confirmação do Parlamento, esta sexta-feira, para a recusa de levantamento da imunidade parlamentar à líder do Bloco de Esquerda, os deputados do Chega levantaram-se e ergueram cartazes com a fotografia de Catarina Martins e com a palavra “impunidade” por baixo, enquanto batiam nas mesas.

PSD: Montenegro eleito novo presidente com 73% dos votos

O social-democrata Luís Montenegro foi hoje eleito 19.º presidente do PSD com 73% dos votos, vencendo as eleições diretas a Jorge Moreira de Silva, que alcançou apenas 27%, segundo os resultados provisórios anunciados pelo partido.